11 Out, 2017 às 08:26 | por Joana D'Arck

Exposição de fotografia na Câmara Federal resgata trajetória de João Goulart

  • No lançamento da exposição fotográfica sobre a trajetória política do presidente deposto pelo golpe militar de 1964, João Goulart, realizada na tarde de hoje (10), no foyer da Câmara Federal, o deputado federal baiano Waldenor Pereira (PT) compôs a Frente de Honra do evento, quando chamou a atenção para o retrocesso que representou a ditadura  militar no Brasil, que instalou um estado de exceção “sanguinário, reacionário e autoritário que tanto mal fez o ao povo brasileiro”.  

    Waldenor parabenizou o deputado Paulo Teixeira (PT-SP) pela iniciativa da exposição que considerou oportuna neste momento vivido pelo Brasil, porque de um lado resgata a importância de João Goulart para a política brasileira, como deputado federal, ministro, vice-presidente e presidente da República, vítima do golpe militar; de outro lado, serve para resgate da memória dos “tempos de chumbo”. O deputado alertou, especialmente a juventude, com o grito de luta dos defensores da democracia :“Ditadura nunca mais”.

    O lançamento da exposição contou com a participação do filho do presidente deposto, João Vicente Goulart, diretor do Memorial João Goulart, que compôs a Frente Honra, junto com os deputados federais representantes dos partidos de esquerda: Edmilson Rodrigues e Glauber Braga, do PSOL; Ênio Verne,  Raimundo Angelim, Waldenor Pereira e Maria do Rosário, do PT; Jandira Feghali, do PCdoB.

Website por Idea Livre Comunicação, 77 99922-1120, mudecom@idealivre.com.br