77 3441-7081 — [email protected]

A relação entre fórmulas Matemáticas e as Músicas

Mistura nasceu de uma relação que o professor fez entre a matemática e o formato do violino -Foto: Reprodução/TV TEM.

 

A relação entre fórmulas Matemáticas e as Músicas já é antiga, os Físicos famosos como Albert Eistein, que viviam mergulhados relacionando fórmulas matemáticas e, ao mesmo tempo tocavam violino. Como sabemos a Matemática está em tudo basta nos olhar ao nosso redor para perceber. Professores, pedagogos e especialistas em educação estão cada vez mais buscando métodos diferentes para ensinar matemática e despertar no aluno o interesse pela disciplina, é o caso do professor de uma faculdade de Sorocaba (SP) que está usando a música para ensinar matemática para futuros engenheiros. Durante as aulas de cálculo, Marcos Vinícius aposta no violino como um método de ensino a mistura nasceu de uma relação que o professor fez entre a matemática e o formato do violino.

Podemos observar que a Matemática tem relação com a área de humanas, a mistura do instrumento com a aula nasceu de uma relação que o professor fez entre uma questão da matemática e o formato do violino. Isso aconteceu há 16 anos e até hoje o instrumento é levado para a sala de aula. “Eu estava ensinando sobre integrais e o símbolo da integral no cálculo é muito próximo ao símbolo do violino”, explica.

 

A Matemática é a Mais Humana das Ciências

 

Com o intuito de mostrar para as pessoas que a matemática não é aquilo tudo que escutamos do tipo “odeio matemática, ou a matemática não entra na minha cabeça”. Já existem livros e teses de mestrados abordando a matemática como área de humanas, é o caso do Filosofo, escritor, educador, palestrante e professor universitário Mário Sérgio Cortella “A Matemática é a Mais Humana das Ciências”.  O professor de Matemática Guto “A Matemática é uma ciência humana, com a implementação da Base Nacional Comum Curricular” .

J”Tentei puxar as relações existentes entre a matemática e a música e mostrar para os alunos que a música possui matemática. Se por um lado muitas vezes a matemática é distante ou temida, a música faz exatamente o inverso. Ela tem a propriedade de atrair o aluno ao conteúdo”, conta Marcos Vinícius.

JDe acordo com o professor, a técnica inusitada fez com que os alunos ficassem mais envolvidos com as aulas de cálculo.  Marcos explica que é um orgulho para o professor ver os alunos correspondendo àquilo que se passa para eles.

 

Como despertar o interesse das pessoas pela Matemática?

 

Nos últimos anos têm surgido projetos interessantes para despertar nas pessoas o interesse pela Matemática, o método XYZ criado pelo Matemático e Pedagogo Valdivino Sousa é um deles, o método tem como objetivo proporcionar uma visão de aprendizagem de equação de 1º grau e expressões algébricas com o uso de objetos ilustrativos, ou seja, no lugar de ser uma incógnita x, ou y utiliza-se um objeto. O resultado tem mostrado uma visão positiva e didática, é um método diferente para ensinar com uma linguagem e abordagem passo a passo mostrando para as pessoas como chegou o resultado. “O método é visto como um jeito diferente de aprender Matemática, e para mim é gratificante ver meu trabalho sendo reconhecido, fico contente de saber que as pessoas estão aprendendo matemática de outra forma”, Explica  o Matemático e Pedagogo Valdivino Sousa.

Seu método teve grande repercussão na mídia, pois o tema do ano de 2017 da 14ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia que ocorreu do dia 23 a 29 de Outubro foi “A Matemática está em tudo”. E o Matemático foi convidado para palestrar no MEC em Brasília falando de seu método de ensino.

Uma de suas linhas de pesquisa é a Engenharia Didática em Matemática, com enfoque na didática francesa que teve início nos anos 80. Entre os estudiosos do tema, se destaca a matemática e pesquisadora francesa Michèle Artigue, considerada como uma das responsáveis pelo estabelecimento pelo método e teoria da Engenharia Didática em Educação Matemática.

 

A Matemática está em tudo

Conhecida como “a ciência das ciências” a Matemática tem tantas definições quanto aplicações, e é tão útil quanto prazerosa. Ela explora o raciocínio lógico e abstrato, e é usada como ferramenta essencial em incontáveis áreas do conhecimento humano, como a Física, Biologia, Química, Engenharia, Economia, Administração de negócios, Artes, Agricultura e até a Medicina. Ela está tão presente na nossa vida cotidiana, que, às vezes, a gente nem nota.

A Matemática é, sem dúvida, uma das áreas de conhecimento mais fascinantes e antigas. Acredita-se que ela tenha surgido antes mesmo da escrita e suas aplicações concretas impulsionaram o desenvolvimento da humanidade desde as primeiras civilizações por meio do manejo de plantações e medição de terra, registro do tempo e comércio.

Ela atravessou não só o tempo, como também o espaço. Gregos, muçulmanos, egípcios e chineses na antiguidade e na atualidade, todos nós estudamos e usamos a Matemática em nosso benefício. Ela é um instrumento para facilitar a vida e não o bicho-papão como grande parte das pessoas pensa ser.

“O estudo da Matemática começou de maneira mais simples com os números, naturais, inteiros e operações aritméticas e todos os povos desenvolveram suas próprias formas de contar números. Pode parecer exagero, mas não é: o “zero” é umas das maiores e mais importantes invenções da mente humana! A partir daí, suas aplicações foram se multiplicando e se tornando mais complexas como na Álgebra, Geometria, Trigonometria, Porcentagem, Estatística, Topologia, Teoria dos jogos, dentre outras”, diz o Matemático e Pedagogo Valdivino Sousa.

 

A Matemática e música e suas relações

 Como a matemática está relacionada com a música? Como já vimos no início do artigo, Marcos Vinícius aposta no violino como um método de ensino a mistura nasceu de uma relação que o professor fez entre a matemática e o formato do violino.

“Se você está em um cálculo, você erra um sinal, por exemplo, você vai errar o resto da conta. Então, é tão exata quanto a música”, explica o estudante Lucas Leite. Marcos explica que é um orgulho para o professor ver os alunos correspondendo àquilo que se passa para eles.

“Motiva a missão com que o professor tem de se dar para ver os alunos crescerem em conhecimento, em conteúdo e, futuramente, serem ótimos profissionais no mercado”, finaliza.

A matemática é a única ciência que está relacionada com as demais áreas, ou seja, está presente em tudo. Uma das formas de enxergar a Matemática é nas construções civis, na Engenharia e na Arquitetura; cálculos financeiros, estabelecendo novas economias em todo o planeta. A Teoria da Evolução – que trata da seleção natural das espécies – só pode ser desenvolvida com o uso da matemática. Sem ela, seria impossível a criação de computadores. Desde os primeiros que funcionavam a válvula, até aqueles com tecnologia de ponta.

Como você pode ver, a presença e os benefícios da Matemática no nosso dia a dia são incalculáveis e ela está em toda parte. Descubra como ela impacta diretamente em vários aspectos da sua vida.

Valdivino Sousa

é Contador, Matemático, Pedagogo, Bacharel em Direito, Escritor e Mestrado em Ciências da Educação Matemática. Criador do método X Y Z que facilita na aprendizagem de equação e expressão algébrica com objetos ilustrativos. Docente nos cursos de Matemática, Ciências Contábeis, Administração e Engenharia. Autor de mais de 10 (dez) livros e têm vários artigos publicados em revistas e jornais especializados. Blogueiro Mtb 60.448, Consultor e Estrategista de Mídias Digitais. Semanalmente escreve para o portal D.Dez, Jornal da Cidade e Folha Online. Sobre: Comportamento, Educação Matemática e Desenvolvimento da Aprendizagem. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Equações Diferenciais Parciais, Matemática Computacional e Engenharia Didática, atuando principalmente nos seguintes temas: métodos numéricos, equações diferenciais, modelagem, simulações e didática no ensino de matemática. Acesse o site: www.matematicosousa.com.br E-Mail: [email protected] Whatsap: 11 – 9.9608-3728
Categorias