77 3441-7081 — [email protected]

Conheça a terapia com cavalos para desenvolvimento de crianças com o TEA (Transtorno do Espectro Autista)

Por Aline Wolff da Fontoura

 

O tratamento de pessoas com necessidades especiais e/ou deficiências desfrutando da companhia dos cavalos favorece benefícios relacionados ao bem estar físico e emocional promovendo intensamente a saúde. Os aspectos sociais, orgânicos e afetivos, são trabalhados juntamente com os aspectos pedagógicos desenvolvendodesta maneira uma reabilitação global. As terapias que têm o cavalo como aliado agem para superar danos sensoriais, motores, cognitivos e comportamentais com excelentes resultados.

O Centro de Equoterapia Cavalo Amigo está localizado dentro da Sociedade Hípica Porto Alegrense e conta com uma equipe multidisciplinar com profissionais da área da saúde, esporte e da educação. Para os atendimentos utilizamos cavalos com treinamento especifico para equoterapia encilhados com sela inglesa, cabeçada, bucal e cabresto. Os cavalos possuem características que facilitam o trabalho de aproximação, tais como docilidade e são de muito fácil condução. Numa área de 10 hectares contamos com trilhas com  vários tipos de solos , árvores frutíferas  e uma natureza abundante.

Durante as sessões, os terapeutas também ajudam a estimular a fala, a audição, o tato, a orientação espacial e muito mais. No aspecto social a equoterapia ainda é capaz de reduzir a agressividade estimulando a uma vida mais sociável dentro dos grupos acolhendo com mais resiliência as próprias limitações e as limitações do outro. A Equoterapia favorece a reintegração social, que é estimulada pelo contato do indivíduo com outros praticantes, com a natureza, equipe e com os cavalos.

De acordo com a psicóloga e coordenadora da Cavalo Amigo Equoterapia, Silvia Scheffer, a equoterapia é um ótimo recurso terapêutico para diagnósticos de TEA – Transtorno do Espectro Autista, o tratamento com cavalos traz muitos benefícios para a criança, tais como, desenvolvimento motor, sensorial, de linguagem, aprendizado, cognição e afetivo ampliando as possibilidades de uma melhor qualidade de vida dos praticantes e também da família. Informações:  (51) 3343-4793 ou [email protected] .

Jornal do Sudoeste

Categorias