Fake news pode anular eleição, diz presidente do TSE

Luiz Fux participou de evento em São Paulo nesta terça-feira para discutir mentiras na campanha

 

Por Fernando Mellis – R7

 

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Luiz Fux, afirmou nesta terça-feira (24) que a eleição de um candidato pode ser anulada se ficar provada que a vitória foi conquistada com base em “fake news” (“notícias falsas”).

— Se o resultado da eleição for fruto de fake news, poderá gerar anulação de eleição, se comprovado que tudo aquilo foi fruto de fake news.

Fux participou nesta manhã de um evento promovido pela revista “Veja”, em São Paulo, sobre como combater as mentiras nas eleições deste ano.

 “Queremos um ambiente de disputa eleitoral sadio, mas não estamos fazendo mais do que nossa obrigação”, acrescentou o ministro.

O magistrado garantiu que produtores de fake news estão sujeitos a serem intimados para depor, além de terem equipamentos apreendidos e serem alvos de inquéritos policiais.

 

Jornal do Sudoeste

Categorias