77 3441-7081 — [email protected]

Projeto Escolas Culturais é apresentado em Brumado

Por Fillipe Lima

Agente Cultural da Secretaria de Estado de Cultura da Bahia e responsável pela apresentação do projeto Escolas Culturais em Brumado, Paulo Esdras Oliveira da Silva Júnior – Foto: Fillipe Lima.

O Centro Estadual de Educação Profissional – Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães – em Brumado será transformado em um centro para fortalecimento da arte e cultura com a implantação do projeto Escolas Culturais. O projeto foi detalhado na manhã do último dia 19 – reprisado à tarde e na tarde do dia seguinte – pelo Coordenador Cultural da Secretaria de Estado de Cultura da Bahia, Paulo Esdras Oliveira da Silva Júnior, no auditório da Instituição de Ensino, reunindo a unidade estudantil e representantes de segmentos artísticos e culturais do município.

Paulo Esdras destacou, na apresentação do projeto, a importância da iniciativa que vai transformar, a partir do Centro Estadual de Educação Profissional – Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães – um espaço para a dinamização da produção cultural e artística nas Unidades das redes públicas Estadual e Municipal de Ensino. Para efetivação da proposta, segundo Paulo Esdras, o Governo do Estado vai investir em ações articuladas, entre as quais a requalificação das Escolas (que já vem sendo executada), aquisição de kits multimídia, promoção de programação cultural e a contratação de agentes culturais que atuarão na gestão dos espaços culturais e farão as articulações da Escola com a comunidade e a Rede de Proteção Social.

O objetivo do projeto, ressaltou Paulo Esdras, é que a Escola se transforme em um equipamento de irradiação da arte e da cultura dos brumadenses para todo o município, promovendo a integração da Educação com a Cultura e o Esporte, explorando e melhorando a capacidade criativa e promovendo a integração da juventude.

O Escolas Culturais é uma iniciativa do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Cultura da Bahia, conjuntamente com as Secretarias de Estado da Educação e de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, gerido por meio do Instituto de Ação Social Pela Música (Iaspm), que tem por objetivo dinamizar as Escolas Públicas Estaduais com apoio à programações culturais produzidas e realizadas pelas comunidades, em torno do ambiente escolar.

Ao JS, o Coordenador Cultural Paulo Esdras Oliveira da Silva Júnior disse que a iniciativa do Governo do Estado tem como principal objetivo potencializar o processo de Ensino e Aprendizagem ao abrir espaços para que os estudantes, fomentando e explorando suas potencialidades culturais e artísticas. “Com este projeto, a Escola [Centro Estadual de Educação Profissional – Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães] vai adquirir outro perfil, se tornando um espaço cultural, de interação, exibição de talentos e troca de conhecimento”, pontuou Paulo Esdras.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,