77 3441-7081 — [email protected]

Luiz Flávio Gomes

Luiz Flávio Gomes

Luiz Flávio Gomes é jurista, diretor presidente do Instituto Avante Brasil (institutoavantebrasil.com.br)

Queiroz, Flávio Bolsonaro, Palocci, Lula: “Só a verdade nos libertará”

Por Luiz Flávio Gomes / 21 de janeiro de 2019 / Nenhum comentário

Estamos iniciando a semana com várias informações bombásticas: Queiroz movimentou mais de R$ 7 milhões em três anos; Flávio Bolsonaro recebeu em sua conta 48 depósitos de R$ 2 mil, totalizando R$ 96 mil; ele mesmo fez um pagamento de mais de um milhão (a quem? a que título? Por (mais…)

Leia Mais

Ministro Fux errou: Flávio Bolsonaro quer fugir da força da lei

Por Luiz Flávio Gomes / 18 de janeiro de 2019 / Nenhum comentário

Roubar o Brasil acima de tudo. Queiroz acima de todos. Essa é a percepção da população em relação à decisão do ministro Fux que mandou suspender temporariamente a investigação de Queiroz, a pedido do senador Flávio Bolsonaro, que se valeu do “foro privilegiado” para escapar provisoriamente da lei. Não importa a (mais…)

Leia Mais

Para além do PT e do MDB, a Lava Jato vai chegar nos maus juízes?

Por Luiz Flávio Gomes / 14 de janeiro de 2019 / Nenhum comentário

  A Lava Jato e o mensalão já revelaram medonhas falcatruas praticadas pelas cúpulas de várias empresas assim como de todos os partidos cartelizados no Brasil, que representam a velha ordem patrimonialista mafiosa. Para a cadeia já foram membros do PT e do MDB e um ou outro dos demais (mais…)

Leia Mais

Queiroz e as máfias dos donos do poder. Ninguém mais tolera a impunidade da velha ordem

Por Luiz Flávio Gomes / 8 de janeiro de 2019 / Nenhum comentário

  Para o general Augusto Heleno, “Queiroz tem que dar explicação mais consistente”. Bolsonaro, que afirmou ter emprestado R$ 40 mil para ele, acrescentou: “Queiroz fazia rolo” (com carros?). Nove funcionários do gabinete de Flávio Bolsonaro transferiam dinheiro para a conta do Queiroz no dia dos pagamentos na Assembleia Legislativa (mais…)

Leia Mais

Moro superministro: elites bandidas estão perplexas ou enfurecidas

Por Luiz Flávio Gomes / 6 de novembro de 2018 / Nenhum comentário

Moro imitou o célebre juiz espanhol Baltazar Garçon (aquele que mandou prender Pinochet): deixou a magistratura para ocupar um superministério no governo. Muita gente censurou duramente sua decisão. Cuida-se, de fato, de uma operação de alto risco, mas que pode dar bom resultado para o País. Nós queremos limpeza na (mais…)

Leia Mais

Justiça vassálica não capta recado das urnas rebeladas

Por Luiz Flávio Gomes / 26 de outubro de 2018 / Nenhum comentário

Nem a Justiça nem os setores bandidos das camadas dirigentes endinheiradas (setores do mundo econômico e financeiro) ainda entenderam o recado duro e contundente dado pelas urnas contra o velho sistema e seus métodos criminosos. As massas rebeladas estão triturando esse apodrecido sistema de poder, seja ele de esquerda, de (mais…)

Leia Mais

Raízes corruptas do Brasil (como funciona o sistema)

Por Luiz Flávio Gomes / 31 de julho de 2018 / Nenhum comentário

No livro Dinheiro, eleições e poder (Companhia das Letras, 2018), Bruno Carazza mergulhou fundo na análise de uma questão crucial: como os donos corruptos do dinheiro mandam no Brasil, seja comprando o sistema político (ou seja, o poder), seja interferindo no sistema jurídico (particularmente nas Cortes onde os juízes são indicados politicamente). (mais…)

Leia Mais

Da sensação de impotência à prepotência

Por Luiz Flávio Gomes / 3 de julho de 2018 / Nenhum comentário

Afora os donos corruptos do poder, que são os que governam, dominam e parasitam o Estado perversamente desde 1500, é muito difícil encontrar algum brasileiro contente com a situação do país. O que predomina de forma generalizada é a angústia, o descontentamento, a indignação, a revolta, o grito por ética (mais…)

Leia Mais

Que tipos de votos em 2018?

Por Luiz Flávio Gomes / 12 de junho de 2018 / Nenhum comentário

Todos os eleitores votam de acordo com seus interesses preponderantes (corporativos, empresariais, ideológicos, cleptocratas, éticos, gratidão por favores recebidos etc.). O grupo dos apáticos já desistiu de participar validamente do processo democrático. Manifestam-se por meio dos votos brancos e nulos ou pelas abstenções (esse bloco de desistentes atingiu 49% dos (mais…)

Leia Mais

Brazuela (sobre a “venezuelização” do Brasil)

Por Luiz Flávio Gomes / 29 de maio de 2018 / Nenhum comentário

1 – A greve dos caminhoneiros, que colapsou múltiplos serviços em todo território nacional, constitui mais uma evidência inequívoca de que existem dois caminhos para se alcançar a “venezuelização” de um País (ou seja, seu desmoronamento social): pelo domínio sanguinário de uma ditadura de esquerda (caso de Maduro, por exemplo) (mais…)

Leia Mais