130 municípios são aprovados para adesão aos projetos Família na Escola, Reconecte e Famílias Fortes

Os resultados preliminares foram publicados no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (23)

 

Por: ASCOM/MMFDH

 

O Diário Oficial da União (DOU) traz, na edição desta terça-feira (23), os resultados preliminares dos editais de Chamamento Público nº 02/2022 e nº 03/2022, com as listas dos municípios brasileiros aprovados para adesão aos projetos Família na Escola e Reconecte (27 habilitados) e Famílias Fortes (103 habilitados). Os três projetos são gerenciados pela Secretaria Nacional da Família (SNF), vinculada ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).

De acordo com a secretária nacional da Família, Angela Gandra, as adesões dos municípios aos referidos projetos são ferramentas fundamentais para que a política pública alcance mais famílias. “Temos percebido resultados surpreendentes não somente em relação à promoção de hábitos positivos, mas principalmente quando acontecem transformações na comunicação e na troca de afetos dentro nos lares . Isso, por sua vez, aumenta o bem-estar físico e emocional de cada um dos membros familiares, evitando sofrimento e também gastos desnecessários, tanto públicos quanto privados”, comentou a gestora.

Resultado preliminar do Chamamento Público nº 02/2022 – Projeto Reconecte e Projeto-piloto Família na Escola

Resultado preliminar do Chamamento Público nº 03/2022 – Projeto Famílias Fortes 

Famílias Fortes

Famílias Fortes é uma metodologia de prevenção de comportamentos de risco destinado a famílias com filhos de 10 a 14 anos por meio do fortalecimento dos vínculos familiares e do desenvolvimento de habilidades sociais.

As atividades do Famílias Fortes ocorrem em dois momentos. No primeiro, os pais e responsáveis se reúnem em uma sala e os filhos em outra. Os adultos são ensinados a esclarecer as expectativas com base nas normas de desenvolvimento de crianças e adolescentes, a usar práticas disciplinares apropriadas, a gerenciar emoções e a se comunicar de maneira eficaz.

Já os filhos aprendem habilidades para a interação pessoal e social, como ter metas que deem sentido à vida, seguir regras, reconhecer as dificuldades e qualidades dos pais, lidar com a pressão dos amigos, saber identificar modelos positivos e ajudar os outros.

Na segunda hora do encontro, pais e filhos se reúnem numa mesma sala onde praticam as habilidades que aprenderam. Eles trabalham na resolução de conflitos e se envolvem em atividades para aumentar a coesão familiar e o envolvimento positivo dos filhos na família.

Para a condução dos encontros, os facilitadores dispõem de um manual com detalhes de todas as atividades e de vídeos que abordam os temas a serem trabalhados com as famílias. O objetivo geral é o bem-estar dos membros da família a partir do fortalecimento de seus vínculos e do desenvolvimento de habilidades parentais e sociais.

Família na Escola

O projeto-piloto Família na Escola busca incentivar a parceria entre a família e a escola por meio de ações conjuntas de formação das habilidades parentais, de incentivo ao acompanhamento das atividades escolares dos filhos e de garantia dos direitos da criança, com foco no fortalecimento dos vínculos e no desenvolvimento integral da criança.

São quatro módulos a serem apresentados aos pais das crianças da Educação Infantil e do Ensino Fundamental: direitos e deveres da família na educação das crianças e o lar como primeiro espaço educativo; marcos do desenvolvimento da criança e o papel da família; interação entre família e escola; e o papel da família na educação da inteligência, da vontade e da afetividade: aspectos essenciais do desenvolvimento integral da criança.

Reconecte

Reconecte visa a fortalecer vínculos familiares por meio do uso saudável das novas tecnologias, tendo como intuito o fornecimento de um acesso mais amplo ao conhecimento científico às famílias e à população em geral, a respeito do uso de recursos tecnológicos de maneira inteligente e da abordagem de aspectos sociais, educacionais e de saúde física e psíquica.

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,