Warning: file_put_contents(/home/jornaldosudoeste/www/wp-content/uploads/bb-plugin/cache/8bef075662a6b74b1925abf47ea920ce-layout-bundle.css): failed to open stream: Disk quota exceeded in /home/jornaldosudoeste/www/wp-content/plugins/bb-theme-builder/classes/class-fl-theme-builder-layout-renderer.php on line 231
77 3441-7081 — [email protected]

Aracatu, Jussiape e Caturama recebem hoje o Saúde sem Fonteiras Rastreamento do Câncer de Mama

Por Ascom Sesab

 

Começou hoje (31) o atendimento do Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama nos municípios de Aracatu, Jussiape e Caturama, região de Brumado,para realizar mamografias em mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos. O exame de mamografia detecta precocemente o aparecimento do câncer de mama, doença que se não for tratada convenientemente e precocemente, pode levar à morte.

Nos três municípios serão 2.391 mulheres, na faixa de idade preconizada pelo Ministério da Saúde, aptas para a realização dos exames. Para ser atendida, será preciso levar um documento de identidade, o Cartão do SUS e um comprovante de endereço. O atendimento começa às 7 da manhã e prossegue até as 18 h, em todas as localidades.

Locais de atendimento:

Em Aracatu, o Programa Saúde Sem Fronteiras estará com a unidade móvel estacionada na Praça Vereador Alto Souza Aguiar, em frente ao Colégio Rural, no período de 31 de agosto 8 de setembro. Para este município, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) pactuou 1.006 atendimentos.

Já em Jussiape, a unidade móvel ficará estacionada na Praça 09 de Julho, nas proximidades do Salão do Reino das Testemunhas de Jeová. A meta é atender a 660mulheres de 50 a 69 anos, no período de 31 de agosto a 5 de setembro

Em Caturama, o atendimento começou hoje 31 de agosto, prosseguindo até o dia 5 de setembro. A unidade móvel ficará estacionada na Avenida Deputado Érico Brito, Praça do Mercado, com a meta de atender a 725 mulheres, dentro da faixa etária preconizada.

O Saúde sem Fronteiras é um programa da Sesab que tem como diferencial o acompanhamento das mulheres com mamografias inconclusivas, com a oferta de exames complementares para o diagnóstico e o encaminhamento ao tratamento, visando à integralidade do atendimento. Para as mulheres com diagnóstico positivo, o tratamento cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico será realizado em unidades de alta complexidade em oncologia. Este programa é uma ferramenta de acesso da mulher às ações de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama.

Jornal do Sudoeste

Materias Recentes

Categorias