Arte como ferramenta de inclusão social: Coordenadoria de Cultura e Proteção Social Básica planejam ações a serem executadas em Itambé após a pandemia

Por Nicolaia Carneiro/Ascom/PMI

Com o objetivo de planejar ações a serem executadas no setor cultural junto aos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), na última segunda-feira (4), a nova Coordenadora Municipal de Cultura Thide Lira se reuniu com a Coordenadora da Proteção Social Básica (PSB) Semírames Gusmão (Bia).

A intenção das coordenações é definir uma proposta de ação compartilhada para que, após passado o período de pandemia, as atividades artístico-culturais sejam fortalecidas junto ao público atendido dentro do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

Para a Coordenadora de Cultura, a iniciativa conjunta dos setores vai otimizar as ações culturais já realizadas dentro dos CRAS. Conforme a coordenadora da PSB, fortalecer a cultura dentro da Assistência Social significa desenvolver potencialidades, ampliar ainda mais os vínculos, e valorizar a arte como ferramenta de inclusão social e autodesenvolvimento.

Ainda no encontro, Thide também expôs outras estratégias para a cultura local a serem desenvolvidas a curto prazo, assim que a ameaça da pandemia for superada. “Devido às medidas preventivas de combate ao coronavírus, ainda não foi possível reunir com os segmentos culturais da cidade para apresentar o planejamento da Cultura Municipal em 2020. Mas, assim que as reuniões forem autorizadas, agendarei um encontro com todos os artistas”, ressaltou a coordenadora.

Foto de Capa: Divulgação/ Ascom PMI.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,