77 3441-7081 — [email protected]

Assistência Social informa: Beneficiários do BPC precisam se inscrever no Cadastro Único até dezembro de 2018

Garantir o acesso a mais de 20 programas sociais, como Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica e o Bolsa Família. Para isso, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) convoca as pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) a se inscreverem no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Até o início deste de 2018, cerca de 1,8 milhões de beneficiários em todo Brasil – entre pessoas com deficiência e idosos acima de 65 anos – ainda não tinham sido cadastrados. Atualmente, mais de 4,5 milhões de brasileiros recebem o BPC em todo o país.

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Itambé informa que o registro é importante para a melhoria da gestão dos benefícios ao mesmo tempo que amplia o acesso das famílias pobres às políticas sociais.

 

Como se inscrever

 

Os idosos acima de 65 anos e as pessoas com deficiência que recebem o BPC devem procurar a sede do Programa Bolsa Família, localizada na Rua D. Pedro II, Centro, próximo a Farmácia Saúde, para se cadastrarem.

Caso o beneficiário tenha alguma dificuldade de deslocamento, a inscrição pode ser feita pelo responsável familiar que deve levar o CPF de todas as pessoas que moram com o beneficiário e outros documentos pessoais, como o RG e comprovante de residência.

 

Saiba mais

 

O Cadastro Único reúne informações sociais e econômicas de cerca de 27,9 milhões de famílias. Estão cadastradas famílias com rendas per capita de até meio salário mínimo ou renda total familiar de até três salários mínimos. Nele, são registradas as características da residência, a identificação de cada pessoa, a escolaridade, a situação de trabalho e renda, entre outras informações.

 Por meio de um sistema informatizado, o governo federal consolida os dados coletados no Cadastro Único para formular e implementar políticas específicas, que contribuem para a redução das vulnerabilidades sociais. Todas as informações do sistema podem ser utilizadas pelos governos municipais, estaduais e federal.

 

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias