Baianos estão solicitando mais crédito para investir em negócio próprio do que para pagar dívidas

Conhecido por ser o principal motivo para a tomada de crédito, o pagamento de dívidas foi superado pelo empreendedorismo na Bahia. Do total de empréstimo solicitado, 38% foi para investir em um negócio próprio, enquanto que 30% tiveram o pagamento de dívidas como motivação

 

Por Ascom/ Lendico

 

Levantamento recente realizado pela Lendico, fintech especializada em empréstimo pessoal online, traz um dado bastante interessante na Bahia. Tradicionalmente, o pagamento de dívidas é a principal causa para a solicitação de empréstimos em dezembro. Os clientes utilizam este recurso para organizar a saúde financeira da família e, assim, se planejar para o ano que se iniciará.

Porém, os dados de dezembro da fintech demonstram que os baianos solicitaram mais crédito naquele mês para um negócio próprio, seja para abrir uma empresa ou para manter uma já existente (38%) do que para o pagamento de suas dívidas (30%).

Quando comparados a dados do ano anterior, os números ganham ainda mais relevância. Do total de empréstimo solicitado em dezembro de 2020 para investir em um negócio próprio, a alta foi de 31% sobre o mesmo mês do ano anterior, quando esta categoria respondeu por 29% das solicitações. E em relação ao pagamento de dívidas do mesmo período, a queda é 28% – em dezembro de 2019, 42% do total solicitado foi para este fim.

Foto de Capa: Divulgação.

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,