BOLETIM UESB I Como funciona o Sistema de Cotas no Processo Seletivo Especial da Uesb?

Por: Ascom UESB VCA

Desde 2008, a Uesb vem buscando reforçar o processo de democratização do acesso ao Ensino Superior por meio da criação de reservas de vagas para grupos, historicamente, excluídos das universidades. Neste ano, com a pandemia causada pelo Covid-19, a Universidade optou por criar o Processo Seletivo Especial (PSE). Com isso, o Sistema de Cotas também foi pensado para atender a essa demanda, destinando 50% das vagas para esse público.

Segundo o professor Reginaldo Pereira, pró-reitor de Graduação, essa Política de Ações Afirmativas da Uesb também contribui com uma “reconfiguração do público que acessa a universidade pública. Quando você institui uma reserva de vagas em um processo seletivo para candidatos que estudaram em escolas públicas, você amplia a oportunidade de um público que, do ponto de vista da sociedade brasileira, está em situação de vulnerabilidade econômica”, esclarece.

Além disso, o gestor destaca a relevância que há ao destinar, também, uma quantidade de vagas para os estudantes negros. “Isso tem uma relação direta também com uma reparação histórica e social, do ponto de vista de como os negros não eram representados nos cursos superiores. Então, as cotas afirmam e reafirmam o acesso dessa população às Instituições de Ensino Superior”, pontuou.

Mas como funciona no Processo? – No PSE, todos os candidatos devem optar por uma modalidade de concorrência. Além da “Ampla Concorrência”, o Processo conta com três tipos de modalidades, voltadas para esses grupos sociais menos representados na sociedade: “Reserva de Vagas 1”, “Reserva de Vagas” 2 e “Cotas Adicionais”. Para concorrer em um deles, é necessário não ser portador de diploma de graduação.

Na “Reserva de Vagas 1”, podem concorrer estudantes que concluíram todo o Ensino Fundamental 2 e realizaram todo o Ensino Médio em escolas públicas. Esses alunos de escola pública podem também terem concluído o Ensino Médio em curso supletivo ou outra modalidade de ensino, como formação técnica profissional com duração de quatro anos, desde que no âmbito federal, estadual ou municipal.

Já “Reservas de Vagas 2”, concorrem os candidatos que atendem aos pré-requisitos da “Reserva de Vagas 1” e que, também, se autodeclarem “negros” (pretos ou pardos), conforme a classificação étnico-racial adotada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Além dessas duas modalidades, estão disponíveis as “Cotas Adicionais”. Nesse categoria, candidatos quilombolas, indígenas e pessoas com deficiência podem concorrer a três vagas adicionais por curso de graduação disponível. É importante lembrar que cada um dos segmentos tem direito a uma das três vagas adicionais.

Cotistas têm direito à isenção – Os candidatos que concorrem nas modalidades do Sistema de Cotas (“Reserva de Vagas 1”, “Reserva de Vagas 2” e “Cotas Adicionais”) têm direito a solicitar a isenção da taxa de pagamento do PSE. O pedido deve ser feito no próprio formulário de inscrição do Processo, mediante comprovação de acordo com os documentos exigidos para sua categoria. Saiba tudo sobre o pedido de isenção clicando aqui.

Permanência Estudantil – É importante destacar que os estudantes desses grupos sociais, que forem selecionados no PSE, poderão ter acesso às Políticas de Permanência Estudantil ao ingressar na Uesb. Sob a coordenação da Assessoria de Acesso, Permanência Estudantil e Ações Afirmativas (Aapa), essas políticas reúnem ações e programas de investimentos destinados a estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, visando contribuir com a sua permanência no Ensino Superior.

Agora que você já sabe como funcionam o Sistema de Cotas, é hora de escolher uma das 40 opções de cursos disponíveis no Processo Seletivo Especial e fazer sua inscrição até o dia 30 de setembro. Todas as informações estão disponíveis no site do PSE. Em caso de dúvidas, entre em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp (77) 3424-8721.

 

 

 

Foto de Capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Materias Recentes

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,