Busca do consumidor por crédito tem alta de 26,5% em março, diz Serasa Experian

Parcela da população que recebe até R$ 500 mensais foi a que mais demandou pelo recurso financeiro, com alta de 30,9%

 

Por: Viviane Garcia/Serasa Experian

 

São Paulo, 25 de abril de 2022 – A busca dos consumidores brasileiros por crédito teve alta de 26,5% em março na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Os dados do Indicador de Demanda por Crédito da Serasa Experian, revelaram que todas as faixas de renda marcaram expansão. O destaque ficou para as pessoas que recebem até R$ 500 mensais, pois registraram o aumento mais expressivo, de 30,9%, ainda no ano a ano. Confira os dados completos nos gráficos a seguir:

De acordo com o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, o aumento mais expressivo da busca por crédito para aqueles que têm as menores faixas de renda evidencia como o recurso vem sendo utilizado por este público. “O crédito não é apenas uma ferramenta para financiar projetos maiores como imóveis ou veículos. Hoje, as pessoas, especialmente as de renda mais baixa, tendem a utilizar o recurso financeiro para custear itens básicos e conseguir fechar as contas no final do mês. Apesar da alta da taxa Selic, o consumo por necessidade ainda deve permanecer no país e as linhas de crédito têm ajudado a suprir esse modelo de gastos”.

Ainda na análise anual (março/2021 x março/2022), todas as regiões brasileiras mostraram um cenário positivo frente a demanda por crédito. Em ordem decrescente estão: Norte (37,6%), Sul (27,1%), Centro-Oeste (25,9%), Nordeste (25,7%) e Sudeste (25,2%).

Para conferir mais informações e a série histórica do indicador, clique aqui.

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,