Caculé: Prefeitura, em parceria com Instituto Fefig, distribui cestas básicas para alunos da rede pública municipal de Ensino

Iniciativa vai beneficiar 500 famílias de alunos da rede pública municipal de Ensino em situação de insegurança alimentar

Por Redação ([email protected]) *

A Prefeitura Municipal de Caculé, através da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, iniciou na quinta-feira (22), a distribuição de Kits Alimentação (cestas básicas), a famílias de alunos matriculados na rede pública municipal de Ensino em situação de insegurança alimentar. Estão previstos a distribuição de 500 kits.

Os alimentos que compõe o Kit Alimentação foram adquiridos e doados ao Governo Municipal, através da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, pelo Instituto Fefig, organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, sediada em São Paulo (SP), que tem como missão apoiar e instituir parceiras entre projetos educacionais que visam o desenvolvimento humano e a valorização da diversidade. A ação exigiu investimentos estimados em R$ 30 mil.

Os beneficiários da distribuição do Kit Alimentação (cestas básicas) foram identificados através do trabalho de cadastramento dos alunos da rede pública municipal de Ensino, em situação de vulnerabilidade socioeconômica, realizado pela Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, através dos gestores das Unidades da rede pública municipal de Ensino.

Participaram da entrega dos Kits Alimentação, no primeiro dia de distribuição, o prefeito e o secretário municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, respectivamente Pedro – Pedrão – Dias da Silva (PSB) e Adailton Silva Cotrim, que destacaram a importância da iniciativa e anunciaram que o processo licitatório para aquisição de alimentos que vão compor o Kit Merenda, que será destinado à distribuição à todas as famílias dos mais de 3,5 mil alunos da rede municipal de Ensino, está bem adiantado, devendo ser concluído até o final deste mês, e a expectativa é que na primeira quinzena de maio já estejam sendo entregues, com possibilidade de retroagir ao período em que normalmente teria sido iniciado o ano letivo.

O secretário municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer destacou ainda que todos os procedimentos preconizados pela Secretaria Municipal de Saúde, com base em protocolos técnicos de prevenção da disseminação do Novo Coronavírus, foram observados no planejamento e operacionalização da entrega dos Kit Alimentação (cestas Básicas), de forma a proteger os trabalhadores da Educação e os beneficiários, evitando principalmente as aglomerações.

O prefeito Pedro – Pedrão – Dias da Silva participou do início da entrega dos Kit Alimentação (Cestas Básicas) a alunos em situação de vulnerabilidade alimentar. (Foto: Divulgação – Ascom/PMC).

O prefeito Pedro – Pedrão – Dias da Silva lembrou a importância do Kit Alimentação, reforçando que vai ajudar às famílias em que a refeição principal das crianças e dos adolescentes é servida nas Escolas. O gestor destacou ainda a significativa iniciativa desenvolvida pelo Instituto Fefig, principalmente nesse período pandêmico, quando é muito grande o número de pessoas que enfrentam dificuldades. “Essas cestas irão complementar e ajudar na alimentação não só dos alunos, mas de toda a família”, ponderou o prefeito.

De acordo com informações do titular da Secretaria Municipal de Administração e Finanças, vice-prefeito Willian Lima Gonçalves, a aquisição dos alimentos que vão compor o Kit Merenda, que será distribuído a todos os 3.557 alunos matriculados na rede municipal de Ensino, será feita com recursos destinados à Merenda Escolar – que não estão sendo utilizados em razão das medidas restritivas de combate à Covid-19, que determinaram a suspensão de aulas presenciais – e está respaldada em normativas do Governo Federal, que editou texto específico quanto ao uso dos repasses do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) durante o período de pandemia. Ainda segundo o secretário, o município vai investir o mesmo valor [dos repasses do Pnae] para complementar os custos da compra dos itens da cesta [Kit Merenda]. “Serão 50% de recursos do Pnae e outros 50% de recursos próprios do município”, pontuou.

O secretário Willian Lima Gonçalves explicou que o Governo Municipal, através da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, com envolvimento de toda estrutura administrativa, vai realizar uma campanha para sensibilizar os pais dos alunos da rede municipal de Ensino que não se enquadram no perfil das famílias em situação de insegurança alimentar, que abram mão do recebimento do Kit Merenda para que possam reforçar o benefício dos que realmente enfrentem problemas da disponibilidade limitada ou incerta de alimentos.

(*) COM INFORMAÇÕES DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CACULÉ
Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,