Cesol Sertão Produtivo distribuirá três mil cestas básicas

As entregas iniciaram esta semana

 

Por Ascom IDSB

 

Entrega de cestas básicas na Fazenda Lagoa da Onça, município de Guanambi, no último dia 14. Foto: Divulgação.

 

O Centro Público de Economia Solidária (Cesol) Sertão Produtivo, gerido pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável Baiano (IDSB), distribuirá três mil cestas básicas e três mil máscaras para famílias carentes no Território Sertão Produtivo, Bacia do Paramirim e Sudoeste Baiano.  Essa é uma ação do Governo do Estado da Bahia, oriunda de recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza – Funcep, através da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

A iniciativa tem como objetivo amenizar as dificuldades enfrentadas pelas famílias em maior estado de carência em consequência da pandemia da covid-19.  Os municípios contemplados com as cestas básicas foram selecionados a partir de dados estatísticos que comprovam as necessidades das famílias que mais perderam renda. Entre eles estão: Brumado, Caculé, Caetité, Candiba, Carinhanha, Dom Basílio, Guanambi, Ibiassucê, Ibipitanga, Igaporã, Iuiú, Lagoa Real, Licínio de Almeida, Livramento, Malhada de Pedras, Palmas de Monte Alto, Paramirim, Pindaí, Rio do Antônio, Tanhaçu e Urandi.

O cadastramento das famílias que receberão as cestas básicas por três meses foi realizado por sindicatos de trabalhadores rurais, associações de moradores, pequenos produtores e outros movimentos sociais. Na ocasião da distribuição, um técnico do Cesol estará presente para acompanhar a ação.  Já as máscaras serão destinadas aos municípios de Brumado, Caculé, Caetité, Contendas do Sincorá, Dom Basílio, Guanambi, Ituaçu, Livramento de N. Senhora, Pindaí, Tanhaçu e Tanque Novo.

É importante destacar que os produtos que compõem as cestas foram adquiridos dos produtores do território Sertão Produtivo e da Economia Solidária assessorados pelo Cesol. Essa é uma maneira que o Governo da Bahia encontrou também para contribuir no fortalecimento do trabalho de pequenos produtores que têm sofrido com os impactos da pandemia da covid-19.

 

Foto de Capa: Divulgação.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,