Skip to content
77 3441-7081 — [email protected]

Codevasf realiza capacitação que ensina a transformar escama de peixe em bijouterias em Serra do Ramalho pelo Projeto Amanhã

Por  Demétrios Pascoal de Almeida Rocha

 

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) realizou neste mês de novembro, o segundo curso de artesanato baseado no beneficiamento de escamas de peixe, no município de Serra do Ramalho (BA), com o intuito de criar bijouterias artesanais. A capacitação, realizada por meio do Projeto Amanhã, desenvolvido pela Codevasf, aconteceu em parceria com a Associação dos Moradores do Jenipapo e Batata, comunidade do município.

“A gente não sabia que poderia aproveitar as escamas. O peixe, a gente tratava, e jogava fora as escamas. Mas, de agora em diante, a gente já sabe. Podemos fazer artesanato, criando brincos, por exemplo, para que tenhamos uma renda mensal. Eu gostei muito do curso e fico feliz por ter inscrito as meninas (da associação que participaram do curso)”, disse Marilene da Silva, presidente da Associação dos Moradores do Jenipapo e Batata.

A primeira capacitação com esse objetivo também aconteceu no município de Serra do Ramalho, no mês de outubro, na comunidade de Palmas e Passos. A intenção é transformar escama de peixe em produtos artesanais que possam gerar um aumento de renda familiar, através do aproveitamento de subprodutos da pesca, reduzir inclusive o impacto negativo causado pelo depósito desse tipo de resíduo em lixões, aterros sanitários, margens de açudes e ambientes impróprios.

“Esse é o nosso segundo curso de artesanato com escamas de peixe. Foi um sucesso total. Os alunos viram o que podem fazer, com a perspectiva de agregar valor a um produto que era jogado no lixo, que é a escama de peixe. Eles terão uma nova fonte de renda. Eu disse ontem que a gente estava começando o curso naquele momento e ele não terminaria mais. Vão ficar produzindo peças pelo resto da vida”, disse Isabel Denis, técnica da Unidade de Desenvolvimento Territorial da Codevasf em Bom Jesus da Lapa (BA).

 “A Codevasf é muito importante para a nossa associação. Sempre esteve do nosso lado. A atividade principal da nossa associação é a piscicultura e a gente conta com muito apoio da Codevasf. Já participamos de outro curso em que já aprendemos a fazer o filé, a almôndega, a linguiça, os bolinhos. E, agora, esse curso nos ensina a aproveitar até as escamas”, complementa a presidente Marilene.

“A gente olha as peças prontas e imagina que tudo iria para o lixo. Eu nunca imaginei que a gente pudesse ter uma renda extra, criando peças dessa maneira (utilizando escamas de peixe). Eu achei incrível e, particularmente, gostei muito do curso. Com esses cursos realizados pela Codevasf, a gente já sabe que nada se joga fora do peixe. Agradecemos muito à Codevasf por tudo que faz por nós”, diz Juceli Firmino, que também participou da capacitação.

Jornal do Sudoeste

Categorias
Scroll To Top