Coelba realiza 1ª Olimpíada Nacional de Eficiência Energética em parceria com Aneel

Evento terá a participação de 35 mil estudantes de 600 escolas de quatro estados do país. Coelba e mais três distribuidoras são as proponentes do projeto piloto que faz parte do Programa de Eficiência Energética da Aneel

 

 Por Ascom/ Coelba

Foram iniciadas, nesta quarta-feira (12), as inscrições para a 1ª Olimpíada Nacional de Eficiência Energética (ONEE), promovida através do Programa de Eficiência Energética da ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, em parceria com a COELBA e as distribuidoras ENEL CE, RGE SUL (CPFL) e EDP ES. 

Com o objetivo de promover a educação sobre o consumo consciente de energia, a olimpíada é um projeto piloto, submetido à ANEEL pela COELBA e demais distribuidoras cooperadas.  A edição inicial, em formato on-line, tem como meta atingir cerca de 35 mil alunos de 600 escolas dos quatro estados onde atuam as distribuidoras envolvidas no projeto – Bahia, Ceará, Espírito Santo e Rio Grande do Sul. A expectativa é de estender a competição para todo o país.

“Fomos convidados pela ANEEL para participar da elaboração do projeto piloto devido a nossa experiência em projetos que têm como foco a educação e o estímulo à mudança de hábitos. Acreditamos na importância de conscientizar crianças e adolescentes, que têm um grande potencial de multiplicação do conhecimento entre as famílias”, afirma a gerente de Eficiência Energética da COELBA/Neoenergia, Ana Christina Mascarenhas

Os alunos vão cumprir desafios e provas para testar o conhecimento sobre eficiência energética. A primeira etapa será dos desafios e a segunda da prova, ambos on-line, no mês de agosto. Obrigatoriamente, o aluno deve realizar as duas etapas. A COELBA levará o projeto para 13.536 alunos de 193 escolas baianas. A organização será feita pela empresa baiana Mobtex, que também executa outras competições, como a Olimpíada Nacional de Ciências. 

A ONEE é um evento destinado a disseminar o papel da eficiência energética e o consumo consciente de energia elétrica e será realizada com alunos do 8º e do 9º ano do Ensino Fundamental, para estimular hábitos sustentáveis que possam contribuir para o uso eficiente da energia elétrica em território nacional e agregar aprendizagens no campo de Ciências da Natureza e suas tecnologias, segundo as orientações da Base Nacional Comum Curricular. 

Premiação – Estudantes e professores serão premiados. Os quatro alunos de cada estado com a melhor classificação receberão notebooks e, quatro notebooks serão entregues aos professores, um de cada estado. Serão distribuídas entre os alunos aproximadamente mil medalhas de ouro, prata e bronze, e certificados de menção honrosa a 50% dos participantes. Os estudantes que receberem as medalhas estarão automaticamente classificados para a 2ª fase da Olimpíada Nacional de Ciências (ONC) 2021, sem a necessidade de participação na 1ª fase da ONC 2021. Os detalhes podem ser encontrados no regulamento presente no site da Olimpíada.

 Curso – Os professores das escolas participantes poderão realizar curso de formação, totalmente no formato digital, sobre eficiência energética, abordando conceitos de energia, geração de energia elétrica, histórico, desenvolvimento e eficiência dos sistemas produtores e consumidores de energia elétrica. 

Para participar do curso basta o professor acessar o site da ONEE – http://www.onee.org.br – e seguir o passo a passo para a inscrição. Após inscrito, terá acesso ao sistema do curso, que será gratuito. 

Qualquer instituição de ensino enquadrada nos requisitos descritos acima pode se cadastrar gratuitamente para participar da Olimpíada. É necessário apenas preencher a ficha de inscrição no mesmo site.

Foto de Capa: Recutra Bahia.

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,