77 3441-7081 — [email protected]

Comissão da Fiol/Porto Sul é instalada – Zé Raimundo se mantém titular

Por  Joana D’arck

 

O acompanhamento parlamentar das obras da Ferrovia Oeste Leste e do Porto Sul/Ilhéus vai continuar, já que a comissão especial da Assembleia Legislativa da Bahia para tratar do assunto foi reinstalada hoje (13), pela manhã. O deputado estadual Zé Raimundo (PT) também se mantém como titular neste colegiado que considera relevante, porque apesar de não ter poder de interferir diretamente no impactante projeto do governo federal, iniciado em 2011(gestão de Dilma Roussef), que vai permitir o escoamento da produção na Bahia, a comissão tem acompanhado de perto de todo desenrolar da obra e feito gestões efetivas para agilizá-la.

“Temos a convicção do papel da mediação social que nós, deputados, fazemos tanto recorrendo aos órgãos federais em Brasília para cobrar agilidade no andamento da construção, quando na inspeção de canteiro e na realização de audiências públicas”, disse Zé Raimundo, que pretende se manter atuante nesta comissão FIOL/ Porto SUL, assim como nos demais colegiados que integra, sendo presidente da CCJ (Constituição e Justiça) e membro titular de Finanças, Orçamento e Fiscalização.

A Fiol vai ligar Figueirópolis, no Tocantins, ao porto de Ilhéus, no sul da Bahia. Conforme o projeto, serão 1.526 km de extensão. Na Bahia, as obras da Fiol são divididas em FIOL 1 (Ilhéus/ Caetité) e FIOL 2 (Caetité/ Barreiras). Dos 12 lotes da obra, oito passam pela Bahia, sendo três deles na região oeste, onde a ferrovia é uma esperança para o escoamento de grãos. Os outros cinco lotes se dividem entre as cidades de Caetité, no sudoeste do estado, e Ilhéus.

Jornal do Sudoeste

Categorias