77 3441-7081 — [email protected]

Concurso premia projetos escolares de combate ao racismo

Inscrições devem ser feitas pela internet até 10 de dezembro

 

Por Ministério da Educação

 

Vão até 10 de dezembro as inscrições para o concurso que vai premiar projetos escolares de boas práticas em Educação para as Relações Étnico-Raciais. Promovida pelos ministérios da Educação (MEC) e dos Direitos Humanos (MDH), a iniciativa tem o objetivo de reconhecer, identificar e valorizar as propostas que combatam o racismo, cumprindo, assim, um compromisso estabelecido em tratados internacionais sobre o tema.

Poderão apresentar projeto escolas públicas ou privadas da Educação Básica e instituições com programa de formação de professores. As propostas escolhidas pela Comissão Julgadora Final receberão um certificado para cada integrante do projeto vencedor e um certificado para cada escola e instituição formadora. Os vencedores vão participar de oficinas de formação relacionadas à temática do edital e da cerimônia de premiação, a ser realizada em Brasília (DF), com passagem e hospedagem pagas. O regulamento está descrito no edital que lançou o concurso.

Bárbara da Silva Rosa, da coordenação geral de educação para as relações étnico-raciais da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) do MEC, lembra que hoje estão vigentes as leis 10.639/2013 e 11.645/2008, que alteram a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. As normas tornaram obrigatória a inclusão de história e cultura afro-brasileira e indígena no currículo oficial da rede de ensino. “Várias escolas já têm atividades desenvolvidas dentro desse escopo há 15 anos, mas precisamos saber quantas escolas estão incluindo a temática e o que estão fazendo”, pondera.

“Muitos professores elaboram iniciativas nesse sentido, mas elas não têm visibilidade, ficam apenas no âmbito da escola. Esses trabalhos precisam ser divulgados, reconhecidos e valorizados”, complementa Bárbara.

Gratuitas, as inscrições devem ser feitas por meio de um formulário na internet disponível no site do MEC.

Foto capa: Arquivo/Agência Brasil

Jornal do Sudoeste

Categorias