Conheça os hobbies de alguns pilotos da F1

Foto: Pixabay.

 

Correr na Fórmula 1 é considerado por muitos profissionais como um ponto máximo de uma carreira no automobilismo. Consequentemente, a pressão sobre os pilotos para conseguir bons resultados em uma temporada é enorme – e essa pressão vem de todos os lados: equipe, patrocinador, público, entre outros exemplos.

Uma das maneiras que os pilotos encontram recarregar as baterias do exigente calendário da Fórmula 1 está nos pequenos momentos de lazer que eles têm entre uma folga e outra. Sendo assim, destacamos na sequência os principais hobbies de quatro grandes pilotos do grid atual: Lewis Hamilton, Sebastian Vettel, Charles Leclerc e Max Verstappen.

 

Lewis Hamilton

Detentor do recorde de vitórias da Fórmula 1 e caminhando a passos largos para se sagrar octacampeão mundial, não há dúvidas que Lewis Hamilton está rol dos melhores pilotos de todos os tempos da categoria.

Mas o que poucos sabiam até o início deste ano era a paixão de Hamilton pelo piano. Em fevereiro o piloto inglês postou um vídeo em seu Instagram, no qual ele demonstra as suas habilidades nos teclados.

No vídeo em questão, ele aparece tocando “Someone Like You”, da cantora Adele, e acompanhado do pianista chinês Lang Lang. Na sua postagem, Hamilton destacou a humildade de seu mentor e disse que se empenharia para tocar melhor em 2020.

 

Sebastian Vettel

Piloto da Ferrari e tetracampeão mundial de Fórmula 1, Sebastian Vettel viveu o seu auge na Red Bull — time no qualconquistou todos os seus quatro títulos mundiais. Na Ferrari desde 2015 e sem nenhum título mundial conquistado desde os tempos por lá, o alemão não competirá pela equipe italiana na próxima temporada, pois já anunciou que irá correr pela equipe Aston Martin (atual Racing Point) em 2021.

Fora das pistas, Vettel tem uma rotina tranquila, mas ele não deixa a paixão pelo motor de lado. Um dos seus hobbies favoritos é colecionar e passear em motos clássicas pela Europa. “Andar de motocicleta dá uma sensação de liberdade que você não consegue em um carro”, disse o piloto alemão, em entrevista para o jornal britânico Daily Mail.

Uma das motos que Vettel mais gosta de sua coleção é a BMW R51/3 (1951). Além da clássica moto da BMW, o piloto alemão também gosta de passear com uma Vespa vintage, herdada de seu avô.

 

Charles Leclerc

Um dos pilotos de maior potencial da Fórmula 1, Charles Leclerc tem a confiança de todos na Ferrari e carrega sob os seus ombros a paixão de todo um país pela escuderia italiana. Não por acaso, o piloto francês já está garantido no cockpit da Ferrari em 2021.

Enquanto alguns pilotos de gerações passadas preferiam passar o tempo nos mais variados jogos de cassino, como blackjack e o clássico jogo da roleta, alguns nomes da nova geração não saem de perto do videogame nos momentos de descontração. Leclerc se encaixa nesse perfil e é um dos pilotos jovens do atual grid da Fórmula 1 que adora competir online com os amigos no mundo virtual.

Nos últimos meses, o piloto francês competiu em campeonatos online do jogo F1 2019 — e se deu bem, vencendo muitas provas. Algumas corridas virtuais que Leclerc participou contaram com a participação de outros pilotos da Fórmula 1, como Alexander Albon (Red Bull), George Russel (Williams), Esteban Gutiérrez (piloto de testes da Mercedes), entre outros profissionais de categorias distintas.

 

Max Verstappen

Dono de um talento consideravelmente acima da média para guiar um carro de Fórmula 1, o holandês Max Verstappen se destaca por ser um piloto muito rápido e, ao mesmo tempo, extremamente corajoso no volante da Red Bull — característica que às vezes custa caro para ele em algumas corridas.

Fora das pistas de Fórmula 1, Verstappen tem dois hobbies: andar de moto e ficar em casa com a família e amigos. Vale destacar que antes de ingressar na Fórmula 1, o piloto holandês chegou a disputar algumas corridas de moto.

 

Foto: Pixabay.

 

No entanto, a Red Bull o proibiu de participar de eventos competitivos sob duas rodas, já que o piloto pode ter alguma lesão. Uma das saídas que Verstappen encontrou para manter a adrenalina acessa fora das pistas foi disputar corridas virtuais com os amigos no simulador.

Em uma entrevista para The Daily Express, tabloide diário britânico, Verstappen contou que o grande número de viagens na Fórmula 1 é muito desgastante. Sendo assim, correr em simuladores junto com amigos, que ele não vê com tanta frequência por conta da profissão, é uma atividade divertida para ele.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,