Coronavírus: Prefeito de Bom Jesus da Lapa contesta dados oficiais da Secretaria de Estado de Saúde da Bahia: “São mentirosos”, desabafa.

Por Mateus Almeida

O anúncio feito no final da tarde desta terça-feira (14) pela Secretaria de Estado da Saúde da Bahia atualizando o Boletim Epidemiológico Covid-19, apontando a existência de um paciente testado positivo em Bom Jesus da Lapa, fez o prefeito Eures Ribeiro Pereira (PSD) reagir com indignação desmentindo a informação e cobrando mais transparência e correção no protocolo da Bahia.

Segundo Eures Ribeiro, que contou com depoimento da irmã da paciente testada positivamente, assegurando que a contaminação ocorreu no Hospital Irmã Dulce, por “irresponsabilidade” dos profissionais de Saúde do nosocômio.

Segundo uma mulher, de prenome Fátima, que alegou ter chegado a Salvador no último dia 17 de março, acompanhando a irmã, que estava com suspeita de câncer de pulmão. A mulher prossegue afirmando que a irmão, após passar por procedimento cirúrgico, teria sido colocada em uma enfermaria onde havia, entre as pacientes, uma que apresentava todos os sintomas da Covid-19 (tosse e falta de ar). “(…) Todos que estavam no quarto pegaram a doença, porque não era para misturar. Minha irmã testou positivo, mas foi infectada aqui no Hospital Irmã Dulce, em Salvador”, ressaltou.

Segundo a mulher (Fátima), hoje pela manhã teria atendido a um telefone e fornecido dados da irmã, informando que ela é de Bom Jesus da Lapa. “Se soubesse não tinha dado (os dados). Estão falando que minha irmã foi infectada em Bom Jesus da Lapa, mas é mentira. Foi aqui, no Hospital Irmã Dulce”, reforçou.

Ao tomar conhecimento do Boletim e do depoimento da conterrânea, o prefeito Eures Ribeiro Pereira voltou a disparar sua “metralhadora verbal”, acusando a Secretaria de Estado da Saúde da Bahia de usar uma enfermaria com pacientes de diversas patologias, inclusive câncer, para internar pessoas com sintomas do Covid-19, o que teria acontecido com a paciente de Bom Jesus da Lapa.

Segundo o prefeito, a paciente saiu de Bom Jesus da Lapa “com câncer”, para “buscar a vida” e é colocada em uma enfermaria e o Hospital Irmã Dulce coloca junto dela uma pessoa com coronavírus”. Eures Ribeiro questionou o Governo do Estado, que segundo pontuou, anunciou que em Salvador já estaria disponível um Hospital para atender exclusivamente pacientes com sintomas do Cobid-19. “Não falaram que tinha um Hospital em Salvador só para quem está com sintomas de Coronavírus? Como é que pega uma pessoa que está com o Coronavírus e bota numa enfermaria com pessoas com câncer?”, insistiu o prefeito sem esconder sua indignação.

Eures Ribeiro prosseguiu afirmando que as pessoas vulneráveis do Estado estão correndo riscos por conta da irresponsabilidade das autoridades e do Hospital Irmã Dulce. “Como é que o Hospital Irmã Dulce comete uma irresponsabilidade como essa?”, indagou o prefeito, aproveitando para fazer um apelo para a população baiana e as autoridades da Secretaria de Estado da Saúde da Bahia, no sentido de adotar providências contra o Hospital Irmã Dulce, “que está misturando paciente de tratamento de câncer com outro, que está infectado com o Covid-19.

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias , ,