Covid-19: Produto desenvolvido com óleo de macaúba promete esterilizar grandes áreas por custos baixos; Conheça:

O projeto conta com o apoio da EmbrapII e desenvolve produto à base do bio-óleo da macaúba, um tipo de palmeira nativa brasileira com alto teor de óleo

Por Marquezan Araújo- Agência Brasil 61

Para evitar o contágio por Covid-19, as buscas por produtos que esterilizem ambientes se tornaram mais frequentes. Diante dessa realidade, a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) apoia um projeto de desenvolvimento de sanitizante com ação antibactericida e antifúngica que pode ajudar nesse objetivo.

O produto é à base do bio-óleo da macaúba, um tipo de palmeira nativa brasileira com alto teor de óleo. O produto poderá ser utilizado para esterilização de grandes áreas públicas, áreas comuns em estabelecimentos comerciais ou residenciais, por exemplo.

O projeto conta com o envolvimento de pesquisadores da Unidade EMBRAPII ISI Biomassa (Instituto Senai de Inovação em Biomassa), de Três Lagoas (MS), em parceria com a empresa Soleá. O grupo explica que o produto é natural, não agride o meio ambiente e tem o benefício de trazer uma formulação de custo reduzido em relação às soluções já existentes no mercado com o mesmo intuito.

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias ,