Decreto prorroga alíquota zero de IPI para produtos médico-hospitalares

De acordo com o documento, as alíquotas do IPI serão restabelecidas somente no dia 1º de janeiro de 2021

 

Por Marquezan Araújo/ Agência Brasil 61

 

Um Decreto publicado no Diário Oficial da União zerou até 31 de dezembro de 2020 as alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de artigos de laboratório ou de farmácia, luvas e termômetros clínicos.

O objetivo da medida é reduzir o custo tributário de produtos utilizados na prevenção e tratamento da Covid-19. De acordo com o documento, as alíquotas do IPI serão restabelecidas no dia 1º de janeiro de 2021.

A renúncia fiscal decorrente desta medida é de pouco mais de R$ 634 milhões durante o seu período de vigência. Como se trata de um tributo regulatório, não há necessidade de medidas compensatórias.

Foto de Capa: Arquivo/ EBC.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,