Defesa Civil Nacional desenvolve estratégias de monitoramento e alerta no período chuvoso

A Defesa Civil Nacional criou duas estratégias para aprimorar o monitoramento e o envio de alertas durante os meses de novembro a abril

Por: Brasil61

A Defesa Civil Nacional criou duas estratégias para aprimorar o monitoramento e o envio de alertas durante os meses de novembro a abril, período tradicionalmente marcado por fortes chuvas, principalmente nas regiões Sudeste e Centro-Oeste do País.

Uma das estratégias foi a criação de uma sala virtual, na qual duas equipes, uma do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, e outra do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, o MCTI, vão ficar conectadas 24 horas por dia. Em caso de qualquer ocorrência, as equipes entrarão imediatamente em contato com a defesa civil do estado ou município envolvido.

Já a segunda estratégia consiste na criação de grupos de mensagem instantânea com as defesas civis de cada estado, para agilizar a comunicação. O canal vai reunir telefones de plantão e contar com a participação das equipes de monitoramento e alerta.

Tiago Molina Schnorr, coordenador de monitoramento e alerta do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres, o Cenad, explica que as estratégias vão aproximar a Defesa Civil Nacional das defesas civis estaduais e, dessa forma, oferecer um trabalho mais qualificado e preventivo.

“As duas iniciativas foram criadas antes do período crítico para estarmos melhor preparados, trabalhando de uma maneira mais articulada, com as equipes integradas, para oferecermos um trabalho melhor durante o período chuvoso”

Para saber mais sobre as ações de proteção e defesa civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, acesse mdr.gov.br.

 

 

 

Foto de Capa: Defesa Civil de Santa Catarina

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,