Democracia e Saúde foi tema da IV Conferência Municipal de Saúde de Piripá

Por Luciene Costa

 

Com o tema “Democracia e Saúde: Saúde como direito – consolidação e financiamento do SUS”, a Prefeitura Municipal de Piripá, através da Secretaria Municipal de Saúde, com apoio do Conselho Municipal de Saúde, realizou no último dia 3, no Centro Cultural Zito Castro, a ‘IV Conferência Municipal de Saúde’, que foi precedida por seis Pré-conferências realizadas na zona rural do município.

Foto: Ascom/PMP.

A abertura contou com a presença do prefeito Flávio Oliveira Rocha (PTB) e da secretária municipal de Saúde, enfermeira Iêda Ribeiro Caires Freitas, além de autoridades, profissionais da área da Saúde, lideranças políticas e comunitárias representantes de diversos segmentos da sociedade civil organizada e populares.

Prefeito Flávio Oliveira Rocha. Foto: Ascom/PMP.

Em sua intervenção, o prefeito do município, trabalhista Flávio Oliveira Rocha, apontou os avanços registrados na Saúde Pública de Piripá nos últimos 27 meses, “resultado de uma gestão que tem como principal prioridade a Saúde”.

Flávio Oliveira Rocha enfatizou, ainda, ao destacar a importância da Conferência, que a partir do momento em que os gestores públicos se reúnem com a sociedade para formular as políticas públicas de Saúde, fica evidente que mais avanços e melhorias continuas nos serviços disponibilizados à população podem e serão alcançados. “Temos buscado a eficiência e a humanização no atendimento à população e essa proposta, certamente, será consolidada a partir da Conferência”, apontou o gestor, que elencou uma série de ações e investimentos feitos desde a sua posse e que resgataram propostas que foram formuladas e aprovadas na última Conferência, realizada em 2015.

De acordo com o prefeito, nos últimos 27 meses foram destinados investimentos próprios e de convênios celebrados com a União e o Estado para aquisição de veículos (ambulâncias); reforma do Hospital Municipal com implantação de uma Sala de Estabilização, que funciona como uma Semi Unidade de Terapia Intensiva; contratação, através de concurso público, de Agentes Comunitários de Saúde; contratação de profissionais (médicos) especialistas em diversas áreas, entre outros. “Estou certo que, apesar das dificuldades, avanços muito, embora ainda seja necessário avançar mais. E vamos continuar trabalhando para, até o término do mandato, melhorar ainda mais o atendimento à população, se Deus quiser”, concluiu o prefeito Flávio Oliveira Rocha.

Secretária Municipal de Saúde de Piripá, Enfermeira Iêda Ribeiro Caires Freitas. Foto: Ascom/PMP.

 

Os avanços na área da Saúde Pública do município também foi o mote do pronunciamento feito pela titular da Secretaria Municipal de Saúde, enfermeira Iêda Ribeiro Caires Freitas, que agradeceu ao prefeito pelo apoio que tem dispensado à área da Saúde Pública do município e a cada profissional envolvido nas ações que têm sido determinantes, conforme pontuou, para que importantes avanços estejam sendo incorporados ao setor. “A busca do melhoramento continuo do da Saúde pública em nosso município é prioridade do Governo Municipal”, assinalou a secretária, que ressaltou a importância da Conferência como fórum de diálogo entre o poder público e a sociedade na busca da efetivação de políticas públicas que atendam plenamente os anseios da população, notadamente da parcela mais vulnerável.

A secretária também destacou a necessidade, até para a sobrevivência do Sistema Único de Saúde, de uma repactuação por parte do Governo Federal do sistema de financiamento, uma vez que, em sua avaliação, na mesma proporção em que os recursos destinados aos municípios para subsidiar um setor tão sensível quanto o da Saúde Pública estão sendo reduzidos, a demanda tem aumentado, sobrecarregando as Administrações Municipais e fragilizando o atendimento à população.

Palestrante do evento, Enfermeira Ceres Neide Almeida Costa. Foto: Ascom/PMP.

Ainda como parte da programação de abertura da Conferência foi proferida palestra pela Enfermeira, Professora Universitária e Auditora em Saúde Pública da Secretaria de Estado da Saúde da Bahia, Ceres Neide Almeida Costa, com o tema ‘Democracia e Saúde: Saúde como Direito e Consolidação e Financiamento do SUS’.

Foto: Ascom/PMP

Após a palestra, os participantes foram divididos em grupos de trabalho para discussão de propostas nos eixos Saúde como Direito, Consolidação dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) e Financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS), posteriormente aprovadas e que serão levadas à Conferência Estadual de Saúde.

Antes do encerramento foram empossados os novos Agentes Comunitários de Saúde e eleitos os delegados, titulares e suplentes, que vão representar Piripá na etapa estadual da Conferência.

Aprovados em concurso público, os novos Agentes Comunitários de Saúde de Piripá foram empossados durante a Conferência Municipal de Saúde. Foto: Ascom/PMP.

À tarde, houve a posse dos novos agentes comunitários de saúde do município que passaram por concurso público. Depois, aconteceu a plenária final com a leitura e votação das propostas elencadas por cada um dos grupos.Aconteceu também a eleição dos delegados, titulares e suplentes [Edmar Barbosa da Silva e Leolino Aparecido, representantes de usuários; Rosa Lima Vieira Dias, representante do trabalhador de Saúde, e Ravanildo Oliveira Matos, representante da Gestão Municipal], que representarão Piripá na Conferência Estadual.

Jornal do Sudoeste

Materias Recentes

Categorias ,