Diabetes: doença não tratada é fator de risco para AVC

No Brasil, diabetes atinge 15,7 milhões de doentes adultos de 20 a 70 anos

Por: Thiago Marcolini/Brasil 61

O diabetes é uma doença crônica na qual o corpo não produz insulina ou não consegue empregar adequadamente a insulina que produz para a produção de energia no organismo. Quase 16 milhões de adultos entre 20 e 70 anos vivem com diabetes em território nacional, segundo dados do Atlas do Diabetes da Federação Internacional de Diabetes (IDF). Até 2030, segundo o IDF, a estimativa é de que esse número chegue a 19,2 milhões.

Em novembro (14), é celebrado o Dia Mundial do Diabetes. No cenário global, ainda de acordo com o IDF, são mais de 536 milhões de diabéticos. O Brasil é o 5º país em incidência, atrás apenas de China, Índia, Estados Unidos e Paquistão.

Há seis anos, o servidor público Aldo Silvestre, de 56, foi diagnosticado com o tipo 2 da doença, a mais comum entre a população. Nesses casos, há uma resistência do organismo à insulina e, consequentemente, a deficiência na sua secreção. “Tive que fazer uma reeducação alimentar porque tive grande ganho de peso, cheguei a ficar obeso. A doença me causou grande dissabor. Fiz a cirurgia metabólica e hoje tanto o diabetes quanto as taxas estão controlados”, conta.

Para Silvestre, a educação e a disseminação de informações são fundamentais para o combate ao aumento dos casos. “Tem que alcançar as pessoas que não respeitam a doença. Ela é lenta, trágica e mata aos poucos. Envolve todos os órgãos, nos deixa dependentes e tem muito a ver com educação alimentar. Não é simples. Quanto mais se insistir na difusão e comunicação do diabetes, é muito importante”, completa.

Diabetes e AVC

Pessoas com diabetes têm risco maior de sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Isso ocorre porque os altos níveis de açúcar no sangue, além de danificar os vasos sanguíneos e os nervos, contribuem para o depósito de gordura nas artérias, o que pode aumentar a probabilidade de ocorrência do AVC.

O diabetes é silencioso, ou seja, é possível que as pessoas não estejam sentindo nada e ainda assim estarem sujeitas aos efeitos da doença. Segundo o neurocirurgião Victor Hugo Espíndola, a principal maneira de prevenção ao AVC causado pela diabetes é o controle da enfermidade.

“É uma doença extremamente prevalente. Pacientes que têm diabetes, os principais cuidados que devem ter é de controlar a doença. Ter bom hábito de vida, alimentação saudável, perder peso, porque o peso está relacionado ao diabetes. A maioria desses pacientes são obesos. E controlar também outros fatores de risco, como colesterol descontrolado”, explica.

De acordo com Espíndola, praticar exercícios regularmente, ter boas noites de sono, evitar álcool e cigarro e fazer avaliações médicas periódicas também são medidas preventivas ao diabetes.

Foto de capa: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,