Doenças psicossomáticas e sua relação com o envelhecimento

Psicóloga afirma que entre as causas nos idosos estão a sensação de solidão e insegurança

Por: Giovanna Rebelo Alves

Maio de 2022 – Doenças físicas e emocionais se relacionam e isso não é mais segredo para ninguém e durante a pandemia essa relação se intensificou. Segundo uma pesquisa da Associação Brasileira de Psiquiatria, 89% dos 400 psiquiatras analisados, apontaram que houve um agravamento nos quadros de saúde mental dos seus pacientes durante esse período.

As doenças psicossomáticas são doenças advindas de questões emocionais que afetam o corpo e tem influência direta na saúde mental, ou seja, é quando um sofrimento psíquico influência no surgimento de sintomas físicos. Alguns exemplos de sintomas são, dor de cabeça, ansiedade, aumento da pressão arterial, queda de cabelo, aparecimento de lesões na pele, dores musculares, constipação, dentre outros sintomas.

Segundo a Ana Clara Ferreira, psicóloga do Grupo Said, empresa de cuidadores de idosos, essas doenças advém e se agravam a partir do estresse e de problemas psicossociais que por sua vez podem gerar grande sofrimento. Para tratar uma pessoa com psicossomática é necessária abordagem interdisciplinar, devido a sua manifestação acontecer de forma diferente em cada pessoa. Esse tratamento pode envolver o uso de medicações, prática de atividades físicas, e acompanhamento em psicoterapia.

Em especial nos idosos, a psicossomática pode ter características mais graves por se tratar de uma fase da vida em que o indivíduo tende a experimentar sentimentos de solidão, improdutividade, insegurança e medo relacionado ao surgimento de algumas doenças. As transformações físicas e no cotidiano de quem está passando pela fase do envelhecimento também são alguns fatores que podem influenciar na saúde mental do mais velho, podendo contribuir para o desenvolvimento dos sintomas.

Por isso é muito importante que os familiares, cuidadores e profissionais da saúde como um todo, tenham um olhar atento para a percepção do idoso quanto às mudanças geradas por esse processo, possibilitando maneiras de fazer com que ele se sinta acolhido mediante a essas transformações no corpo e na mente.

A psicóloga finaliza dizendo que as emoções acompanham nosso corpo ao longo de toda vida, demandando acolhimento, compreensão e respeito em todas as fases e que merecem esse cuidado delicado e especial.

Sobre a Said Rio

Com mais de 17 anos de trajetória no mercado, a SAID RJ é uma empresa especializada no atendimento domiciliar de idosos. Assistidos por uma equipe completa, os pacientes encontram o diferencial que procuram no atendimento a suas necessidades e de seus familiares.

 

 

Foto de Capa: Reprodução Canal Içara

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,