Duo CAIM faz show com músicas inéditas em Vitória da Conquista

Foto: Divulgação/Duane Carvalho.

No próximo dia 20, às 19 horas, o Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, em Vitória da Conquista, será palco do show “Conversas sobre o frio e o tempo”, apresentado pelo duo CAIM. Após um hiato de três anos para se dedicarem a projetos autorais nas carreiras solo, Achiles e Marcos Marinho retornam aos palcos conquistenses com a nova turnê, que se propõe a ser uma experiência musical que reúne densidade emocional, diálogos harmônicos e melódicos e a imperatividade do tempo na costura das relações interpessoais.

Em voz e violão, o show apresentará uma sequência de músicas inéditas que refletem o atual momento dos compositores, que saíram da universidade para o enfrentamento da vida adulta e intermediam a relação pessoal entre a existência e a música.

“É um show que sintetiza nosso caminhar na música e na vida. Estou muito feliz pela oportunidade de dividir com o público amigo de Vitória da Conquista algumas das músicas mais sinceras que já fizemos”, declarou Marcos Marinho. A apresentação marca também a divulgação do novo EP de mesmo nome que será lançado nas plataformas digitais.

Os interessados podem adquirir os ingressos por meio do Sympla ou se dirigindo à bilheteria do Centro de Cultura, que fica localizado no endereço Avenida Rosa Cruz, s/n, BNH. “Conversas sobre o frio e o tempo” tem o apoio institucional do Governo do Estado e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, através do Ocupe Seu Espaço.

 

CAIM

CAIM é a síntese da parceria entre os artistas baianos Achiles Neto e Marcos Marinho. Achiles é natural de Maracás e Marcos de Itabuna. Os músicos se conheceram na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), em Vitória da Conquista, onde cursaram Direito, e, juntos, criaram o projeto. No ano de 2014 lançaram o disco “Ciência, Arte, Ideologia e Música”. Bem recebido pelo público, o trabalho autoral foi eleito pelo site ‘Melhores Discos de Música Brasileira’ como o 26º melhor álbum de 2014 e a música “O Quartinho” ficou na 9ª posição entre as melhores músicas do ano. Neste mesmo ano, a canção “Disfarce” foi indicada ao Prêmio Caymmi de Música na categoria Melhor Música e Achiles foi indicado na subcategoria de Melhor Intérprete vocal, pela mesma canção. A musicalidade do CAIM expressa a diversidade de influências, identidades e propósitos dos artistas e representa a convergência das suas experiências individuais e comuns.

 

*Com informações da Assessoria de Imprensa do CAIM – VAGALUME PRESS/Ana Paula Marques.

 

 

Jornal do Sudoeste

Categorias