ECONOMIA CIRCULAR: Profissionais aprendem gestão de resíduos e energias renováveis

Apoiada pelo Governo federal, capacitação forma profissionais para atuação na Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride-DF). Primeira turma está finalizando a formação, com foco na geração de novos negócios no setor. Ação integra a Rota da Economia Circular

 

 

Por: Agência Brasil 61 

 

O Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, está apoiando a formação de profissionais para atuarem na gestão de resíduos sólidos e energias renováveis no Distrito Federal e Entorno. A primeira turma de um curso nesta área vai se formar em breve. A ação tem como parceiro o Instituto Federal de Ciência, Tecnologia e Inovação de Brasília, o IFB.

A capacitação faz parte das atividades da Rota da Economia Circular, que integra a Estratégia Rotas de Integração Nacional. O coordenador da Rota, Luiz Paulo de Oliveira Silva, explica como funciona a iniciativa. “Essa Rota foi concebida como uma das estratégias das Rotas de Integração Nacional para atender uma demanda da nova economia, no sentido de produzir de uma forma não agressiva e sustentável ao meio ambiente, utilizando resíduos que normalmente são descartados e, também, por meio da utilização de energias renováveis.”

Além de capacitar 40 profissionais para o mercado de trabalho, o curso também estimula que os alunos criem startups com foco no desenvolvimento de soluções para a gestão de resíduos sólidos.

Ao todo, o curso conta com 170 horas de aula nos campi do IFB em Brasília, Planaltina, Samambaia e São Sebastião, todos no Distrito Federal. Os alunos também receberam instrução nas áreas de economia circular, meio ambiente, energias renováveis, impactos dos resíduos sólidos, gestão de processos, biodigestores e empreendedorismo.

 

 

Foto da capa:  MDR/divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,