77 3441-7081 — [email protected]

Eleição para conselheiros tutelares lota Escola em Vitória da Conquista

Por Gabriela Couto

Esse domingo, 6, foi dia de eleição, mas uma eleição diferente, foi dia dos cidadãos votarem para elegerem os conselheiros tutelares para o mandato 2020-2023. Aqui em Vitória da Conquista a votação aconteceu das 8 às 17 horas, no Instituto de Educação Euclides Dantas (Escola Normal), e durante todo o dia foi possível ver uma movimentação muito grande no entorno da Instituição, e dentro das salas  de aulas destinadas a votação. As eleições são abertas a todos os eleitores, mas o voto não é obrigatório. Para votar o cidadão só tinha que estar regularizado com a Justiça Eleitoral.

Em Vitória da Conquista, 26 candidatos estavam concorrendo ao pleito. Ao todo, são 30 vagas entre titulares e suplentes, sendo que a classificação é definida pelo volume de votos que cada candidato atingir, ou seja, o candidato que tiver a quantidade de votos maior será o primeiro da lista e assim sucessivamente.

O Conselho Tutelar é um Órgão permanente e autônomo encarregado, pela sociedade, de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, definidos por Lei. Dessa forma, é de suma importância que a população saiba quem são os seus conselheiros e tenha responsabilidade sobre os escolhidos.

Foi a primeira vez que a jornalista Mariana Lacerda participou do processo eleitoral e, segundo ela, os veículos de comunicação foram importantes na divulgação do pleito, e para que ela entrasse em um processo de descobrir qual seu papel nessa eleição. “Eu não havia me atentado para a importância de participar, até me informar a respeito de grupos conservadores que estão buscando ocupar esses espaços, não com o objetivo de contribuir para a estrutura de atenção e acolhimento ao menor, mas sim para trabalhar em torno de crenças próprias e, de alguma forma, influenciar na educação crítica e emancipatória, como deve ser”, afirmou.

Para decidir em quem votar, Mariana procurou pesquisar sobre os candidatos, baseando-se principalmente no trabalho que os mesmos já realizam, e também nas propostas progressistas que os candidatos trazem para a garantia de direitos da criança e do adolescente dentro desse cenário. “Acredito que seja importante ocupar o espaço, assim como qualquer um que seja possível, pois vivemos em um período muito complicado, de institucionalização do ódio, da discriminação, da censura. Enfim, de tudo que violenta a diversidade e a liberdade do cidadão brasileiro” completou a jornalista. A lista com todos os candidatos que concorriam ao pleito estava disponível no site da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista.

Com a facilidade da urna eletrônica na eleição, a apuração foi finalizada ainda no início da noite e já foi possível ter o nome dos 15 novos conselheiros titulares do município de Vitória da Conquista. Confira abaixo:

  • Jeane Meira: 718 votos

  • Naelza Brito: 632 votos

  • Maria José Lia: 613 votos

  • Izabela Oliveira: 555 votos

  • Joseane Almeida: 523 votos

  • Fernanda Silva: 487 votos

  • André Sampaio: 475 votos

  • Gilmara dos Anjos: 474 votos

  • Wallas Pinto: 467 votos

  • Dayane Santiago: 464 votos

  • Poliane de Santana: 457 votos

  • Joice Prado: 437 votos

  • Rosemary Prado: 413 votos

  • Letícia Prado: 400 votos

  • Juliana Guerra: 395 votos

Foto de Capa: Gabriela Couto.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,