Eleições 2020: TSE esclarece que comunicado sobre cadastro para voto em casa é falso

Neste caso, o tribunal reitera que não há nenhuma previsão estabelecida de que os eleitores podem escolher seus candidatos por meio do celular, como substituição ao voto presencial

 

Por Marquezan Araújo/ Agência Brasil 61

 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) afirmou que a informação que circula em redes sociais e aplicativos de mensagens a respeito da possibilidade de se cadastrar em um site para votar em casa é falsa. Neste caso, o tribunal reitera que não há nenhuma previsão estabelecida de que os eleitores podem escolher seus candidatos por meio do celular, como substituição ao voto presencial.

Segundo o TSE, esses conteúdos costumam fornecer um link de origem duvidosa, pelo qual o cidadão é convidado a clicar para saber mais detalhes. No entanto, trata-se de informações inverídicas e, possivelmente, são enviadas por criminosos para, por meio delas, coletar dados do eleitor, como o número do CPF, para serem usados em golpes.

Em caso de dúvida sobre a veracidade do teor de uma mensagem, confira sempre os canais oficiais da Justiça Eleitoral – TSE e Tribunais Regionais Eleitorais (TREs).

 

Foto de Capa: Arquivo/ EBC.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,