Energia eólica e solar alcançam recorde e atendem quase 100% da demanda da região Nordeste

Energia eólica hoje representa 10,7% da matriz elétrica brasileira, enquanto a capacidade instalada em energia solar fotovoltaica cresceu 66% no país em 2020

 

Por Alan Rios/ Agência Brasil 61

 

A região do Nordeste vem se destacando no uso e ampliação de energias limpas, como a solar e a eólica. Essas fontes vêm alcançando recordes que chegam a atender quase 100% da demanda da região em determinados picos.

Abastecida com sol e calor praticamente durante todo o ano, a região é considerada um celeiro de energia limpa e renovável. Em 21 de julho, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) registrou um valor recorde de geração de energia eólica, pela força do vento, com uma marca inédita de 11.094MW médios, capaz de atender quase 100% da demanda do Nordeste no dia.

A ampliação de placas fotovoltaicas, que transformam o calor do sol em energia elétrica, também vem ganhando destaque. No dia 19 de julho, o pico de geração alcançou 2.211 MW, às 12h14, suficiente para atender a 20% da demanda do Subsistema do Nordeste naquele momento.

A energia eólica hoje representa 10,7% da matriz elétrica brasileira e a expectativa é que chegue ao fim de 2021 atingindo 11,2%. Já a energia solar representa 1,9% da matriz elétrica do país, podendo atingir 2,6% até o fim deste ano. Segundo o Ministério de Minas e Energia, a capacidade instalada em energia solar fotovoltaica cresceu 66% no país em 2020.

Fonte: Brasil 61

 

Foto de Capa: Ari Versiani/PAC.

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,