Especialista explica a importância da reprogramação mental durante palestra virtual na Rede UniFTC

Por Ascom – UniFTC

 

Estratégias para se Reprogramar” foi o tema abordado na quarta (12) pelo consultor e criador de conteúdo digital, Tiago Pereiras, que também é Business Partner da Startup Suridata e pioneiro no conceito Biohacking & Health Optimisation no Brasil.  O especialista trouxe várias técnicas interessantes para a área de Sistemas de Informação como também para quem almeja ser um grande profissional. Tiago Pereira iniciou falando da importância de estudar as melhores possibilidades dentro deste cenário volátil, incerto, complexo e ambíguo, também chamado de mundo VUCA, que a sociedade está vivendo.

“Os nossos ancestrais, na época da Lei da Selva, estavam sujeitos a regras e situação similar a que estamos vivendo atualmente. Como todo processo de evolução, o cérebro vai sendo moldado e passa por fases (emoção e razão). É necessário entender que 95% das nossas ações são inconscientes e tem coisas que são automáticas”, disse o palestrante.

De acordo com o agente de negócios, Tiago Pereiras, todas as experiências da vida ficam registradas. “Nossas atitudes e comportamentos têm relação direta com a primeira infância. Para formar novas sinapses é essencial o autoconhecimento através de ferramentas de PNL [Programação neurolinguística] e terapia.  Precisamos sempre estar construindo um novo mapa mental, que é a forma como nós interagimos com o mundo”, explicou.

Você não é preso ao seu destino, ressaltou o palestrante. “É relevante para reprogramar nossa mente passar por novos sentimentos e experiências para mudar o mapa mental. A chave da mudança é a reprogramação. O cérebro é preguiçoso e partindo dessa informação, devemos nos avaliar sempre. Analisar nossa alimentação, hábitos, trocar conteúdos, etc. Existem padrões de comportamento que precisam ser rompidos, principalmente se for negativo e prejudicial para nossa vivência. Para se reprogramar é preciso acessar emoções e levar questões inconscientes para o consciente”, enfatizou Tiago Pereira.

Durante a palestra, o criador de conteúdo digital também ressaltou que o segredo da mudança é a neuroplasticidade. “Todos nós temos capacidade de mudar nosso ambiente. Pessoas inovadoras fazem coisas diferentes. O momento que estamos vivendo, por exemplo. Novos conhecimentos, novas tecnologias e ferramentas. Os neurônios tiveram que se adaptar. Nosso cérebro é um computador e não toma decisões, existe neurotransmissão. Qual ambiente você vive? É positivo?”, questionou.

E para concluir, o treinador de pessoas, Tiago Pereiras, afirma que o nosso desenvolvimento não pode parar. “Vamos ficar atentos aos padrões de comportamentos que adotamos e aprender novas habilidades para desenvolver a mente e alcançar o sucesso pessoal e profissional que tanto desejamos. Convido você a investigar a si próprio, buscar autoconhecimento e se reprogramar”, comentou.

Uma acolhida repleta de novidades para quem deseja ser uma grande profissional, considerou, após assistir a palestra, a aluna do curso de Sistema de Informação da unidade de Vitória da Conquista, Jeanne Rocha de Souza. “Momentos muito construtivos e esclarecedores. Recebemos várias dicas para cuidar da nossa “máquina pessoal” e pesquisar sempre informações atuais com profissionais especializados. A UniFTC está de parabéns, pois fomos recebidos com profissionais que realmente entendem a fundo o assunto abordado”, argumentou satisfeita.

Para o coordenador do curso de Sistemas de Informação e Gestor do Programa de Inovação e Empreendedorismo da Rede UniFTC, Fabrício Oliveira, o novo semestre foi preparado com muito afinco e dedicado para toda a comunidade acadêmica da Instituição. “Além de um acolhimento humanizado e cheio de informações, o  retorno às aulas se manterá diferenciado, com um formato de ensino-aprendizagem de qualidade”, destacou.

 

Foto de Capa: Divulgação.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,