Estudantes do MedioTec visitam frigorífico durante aula de campo

Por Por Ascom/PMBC

 

Estudantes técnicos de Agroecologia do MedioTec (curso de ensino técnico para estudantes do ensino médio) de Barra do Choça fizeram uma visita técnica na empresa Confrigo Frigorífico, em Vitória da Conquista, na manhã desta sexta-feira(13).

O programa é uma parceria entre o Colégio Estadual Dária Viana de Queiroz, com o apoio da Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semagri).

A visita objetivou fornecer aos alunos um conhecimento mais prático para compreenderem desde o começo o processo de abate dos animais até a sua comercialização, cujas normas no Brasil estão contidas na Portaria 304/96 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Antes da expedição, os alunos foram avisados sobre como seria a visita e os abates. Todos usaram capacetes, roupas de identificação, botas, acessórios técnicos, higienizados e foram guiados por uma técnica de segurança para evitar possíveis acidentes.

No percurso, os estudantes aprenderam como as empresas legalizadas se organizam nas diretrizes da Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), desde os acordos com os proprietários até os métodos para as comercializações a nível nacional e internacional.

Também foram abordadas as normas de higienização, saúde, prevenção de doenças, transporte e meios de evitar o estresse dos animais, com vista ao bem-estar dos mesmos.

A responsável técnica do frigorífico, Eliane Torres, explicou toda a metodologia aos alunos, disse que hoje foi uma grande oportunidade de ensinar a respeito dos procedimentos adequados, para estar de acordo com as leis.

“Os alunos puderam ver o quanto é importante controlar os processos para que tenha garantia desse produto final. As diferenças de um abate com cuidado, limpeza e higiene que garanta a qualidade da carne em comparação aos abates clandestinos. Além do destaque durante a aula dos riscos que correm quando os abates são feitos de forma indevida”, pontuou.

Jessica Santos, 19, estudante do curso, salientou que “aulas práticas são sempre importantes. Essa, por exemplo, possibilitou está mais de perto dos assuntos estudados e poder conhecer mais o que foi ensinado em sala de aula, como também a respeito dos alimentos.”

O coordenador de cursos técnicos do MedioTec, Gilberto Chagas, destacou a experiência única dos alunos em poder observar a cadeia de produção dos abates de bovinos e associar com a suas aulas teóricas que já foram dadas.

 

Foto de Capa: Divulgação/ PMBC.

Jornal do Sudoeste

Materias Recentes

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,