Faculdade de medicina

Os comentários ideológicos políticos não interessam a maioria da população, que reivindica melhorias para a sua cidade, independente das questões e birras políticas.

O cidadão quer e deseja, que suas necessidades sejam atendidas. Os políticos têm um mandato outorgado pelo povo, que os escolhe para administrar a cidade, por entender que os escolhidos são, realmente, comprometidos com o progresso e o desenvolvimento do município, e esperam deles, o trabalho em benefício da população.

  Nada é mais importante do que o comprometimento do trabalho em defesa dos interesses coletivos e, para isso foram eleitos, e, são bem remunerados para o exercício desse mister administrativo.

Se assim o fizerem, terão o reconhecimento da sociedade. As reivindicações para o engrandecimento, o progresso e o desenvolvimento da cidade, não importa quem é o benfeitor, o importante é o benefício, certamente, quem reivindica verbas federal e ou estadual para a cidade, terá o reconhecimento do povo e, por ele, em agradecimento, terá o retorno eleitoral, pela indicação, que aliás, é uma condicionante do mandato que o povo lhe deu.

O político é um ser público que   constitucionalmente cuida dos interesses do povo, e se envolve em política para essa missão, defender os interesses da coletividade que a representa.

O prefeito tem que ter a capacidade de gerenciar bem a receita própria do seu município e também buscar convênios, ampliar a receita para ter mais capacidade de investimento. Tem que ter boa relação com o poder Legislativo para a formulação e aprovação de leis de interesse do povo.

“A verba dos cofres públicos chega de três formas. A primeira é com o recebimento dos impostos. A segunda é com a verba repassada pelos governos federal e estadual. A última depende da administração municipal, com a captação de convênios, feita pelos prefeitos”.

Há de se convir que os eleitos façam por merecer o critério da escolha dos eleitores, ou seja, honestidade, competência, coerência política e trabalho para atender as demandas populares.

Diante dos fatos relatados, é importante que o eleitor tenha a consciência de que o voto é a arma do cidadão para a busca de soluções de suas carências. A instalação e funcionamento da faculdade de medicina em Brumado é de suma importância para o desenvolvimento e o progresso do município.

A ALAB – Academia de Letras e Artes de Brumado, entidade que divulga a cultura nos seus diversos aspectos e, consequentemente a educação, congratula-se com os promotores dessa iniciativa, que honra e dignifica a cultura e a educação brumadense. Não há, portanto, de se preocupar com quem promoveu essa iniciativa, o importante é o benefício.

Antônio Novais Torres

Antônio Novais Torres é comerciante aposentado, membro fundador da Academia de Letras e Artes de Brumado, membro do Conselho da Cidadania de Brumado, ex-membro do PMDB e PTB e membro do Conselho Editorial do Jornal do Sudoeste.
Categorias

Deixe seu comentário