Feira Cidadã ofereceu atendimentos médicos e diversos serviços em Vitória da Conquista

Por Gabriela Couto

 

Foto: Gabriela Couto.

 

Os números de atendimentos impressionam, muitas pessoas atendidas em pouco tempo. Foram três dias de atendimento e uma média de 15 mil cidadãos atendidos. Essa é a proposta da Feira Cidadã, projeto desenvolvido pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), em parceria com as Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), que esteve no município de Vitória da Conquista entre os dias 31 de julho e 02 de agosto, com atendimento médicos e serviços variados, como emissão de Carteira de Identidade e antecedentes criminais.

A Feira Cidadã conta com uma grande estrutura, diversas carretas com os equipamentos para os exames médicos e também para as consultas. Para abrigar todos esses equipamentos, o local escolhido foi o Centro Integrado Navarro de Brito, que fica na Avenida Frei Benjamin, no Bairro Brasil. Exames de mamografia, ultrassonografia, raio x, aferição de pressão e medição de glicemia, além de triagem  para cirurgias eletivas (hérnia inguinal, epigástrica e umbilical, mioma, histerectomia e vesícula) e preventivo são alguns dos serviços médicos que foram oferecidos na Feira Cidadã. Além disso, o Sac Móvel emitiu cerca de 250 Carteiras de Identidade por dia, em todas as vias do documento, que ficarão prontos no prazo de 15 a 20 dias corridos e serão entregues no SAC Conquista II. Também foram emitidos Cadastros de Pessoas Físicas (CPF´s) e Antecedente Criminais, que foram entregues na hora.

Porta-voz das Voluntárias Sociais da Bahia, Gustavo Urpia. Foto: Gabriela Couto.

Para o porta-voz das Voluntárias Sociais da Bahia, Gustavo Urpia, a Feira é um sucesso: “Muito feliz por estar aqui em Conquista. Aqui é a 22ª etapa da Feira Cidadã, são 200.000 pessoas atendidas em 2019 na Bahia, a procura foi muito grande. A Feira Cidadã foi idealizada pela primeira dama da Bahia [Aline Peixoto]. As cirurgias de catarata dos exames de oftalmologia serão realizadas a partir de sexta-feira, 2, e vão até domingo, 4, no Hospital de Base, e as cirurgias eletivas dos exames de imagem que nós estamos realizando aqui serão feitas no dia 18 de agosto, também no Hospital de Base”.

Em todos os dias da Feira, as distribuições das senhas começou às 8 horas, e no primeiro dia a fila para receber as senhas começou a ser formada na noite anterior. Consultas para especialidades como odontologia e oftalmologia esgotaram as senhas no primeiro dia.

Foto: Gabriela Couto.

Para muitos, a Feira Cidadã foi uma oportunidade de ter atendimentos que podem demorar até meses se solicitados por meio da Saúde municipal. É o caso de Maria de Lourdes Silva, de 53 anos, que aguardava atendimento para realizar uma mamografia, e havia chegado na fila às 6h30. Ela não demonstrava preocupação, e sim alegria. “Eu acho muito boa essa iniciativa, porque as vezes é um sacrifício pra você marcar um exame no Posto de Saúde, demora até 1 ano pra poder marcar. Foi a melhor coisa que eles fizeram pra nós foi isso aí”, disse Maria de Lourdes.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,