77 3441-7081 — [email protected]

Feira da Mata amanheceu com pichações contra a Policia Militar

A cidade de Feira da Mata amanheceu nesta quarta-feira (1º) com diversas fachadas de casas e órgãos públicos pichadas com frases ofensivas à Polícia Militar, entre as quais a que sugere que ‘PM bom é PM morto’. A ousadia dos bandidos pode estar ligada à morte, em confronto, de diversos marginais suspeitos de participação no assalto frustrado e no assassinato de dois Policiais Militares em Bom Jesus da Lapa no último dia 23 de janeiro. Um dos bandidos que supostamente teria participado da ação em Bom Jesus da Lapa, e que está sendo procurado pela força-tarefa da Secretaria de Estado de Segurança Pública da Bahia envolvida nas ações para identificação e prisão do bando, Gildazio Mendes Pereira, que estaria escondido na região.

Mas também haveria, segundo uma fonte do JS na cidade, a possibilidade das pichações terem sido uma reação de amigos de jovens que teriam sido agredidos em abordagens da Polícia Militar.

O caso que mais tem repercutido na cidade é o do jovem Bruno Brito dos Santos, cujos familiares denunciam Policiais Militares lotados no Pelotão da PM da cidade, por supostas agressões. Segundo a fonte do JS, Bruno Brito dos Santos teria se envolvido em episódios com a Polícia Militar. O primeiro, em dezembro, quando foi abordado, em um bar onde estava bebendo cerveja com outras pessoas, por estar com o som do carro ligado em um volume muito alto, o que teria justificado a denúncia de moradores da vizinhança. Na oportunidade, segundo foi apurado, os Policiais Militares chegaram ao local e desligaram o som e fecharam a porta traseira do veículo sendo interpelados e desacatados por Bruno Brito. Ato contínuo, o jovem teria tentado agredir os Policiais, um deles inclusive foi atingido no rosto por um chinelo, sendo contido com gás de pimenta. Apresentado à Delegacia Territorial de Polícia Civil, Bruno Brito dos Santos foi autuado por desordem e desacato à autoridade.

Desde então, segundo familiares, Bruno Brito dos Santos tem sido perseguido pelos Policiais Militares. No último dia 15 de janeiro, o jovem postou nas redes sociais um vídeo no qual pede desculpas aos Policiais Militares, que segundo familiares, não teria sido gravado de forma espontânea, mas obrigado pelo Policiais Militares, nas dependências da Delegacia Territorial de Polícia Civil.

O JS não conseguiu contato com o Comandante do Pelotão da Polícia Militar de Feira da Mata e nem com o delegado que responde pela Delegacia Territorial de Polícia Civil do município, mas apurou que um inquérito policial já teria sido aberto e nenhuma hipótese será descartada. Haveriam também testemunhas que poderão contribuir para identificação dos pichadores.

 

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias