Fevereiro Laranja: mês é marcado pela campanha sobre leucemia e importância da doação de medula óssea

Nos casos mais graves da doença, doação de medula pode ser a diferença entre a vida e a morte

Por Felipe Moura/ Agência Brasil 61

 

O Fevereiro Laranja já começou. O segundo mês do calendário é dedicado à conscientização da população sobre a leucemia e a importância da doação de medula óssea. A doença é, atualmente, a nona nos tipos de câncer mais comuns entre os homens e a 11ª entre as mulheres.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (InCA), a cada ano do triênio 2020-2022, no Brasil, devem ser diagnosticados mais de 10 mil novos casos de leucemia. A doença se caracteriza pelo crescimento acelerado e anormal nas células do sangue, responsáveis pela defesa do organismo, os leucócitos.

Com diagnóstico precoce e tratamento adequado, as chances de cura aumentam. O Fevereiro Laranja visa alertar as pessoas para os sintomas como anemia, cansaço, fadiga, queda de imunidade, baixa contagem de plaquetas, infecção, febre, hematomas e sangramentos espontâneos.

Além disso, a campanha objetiva conscientizar os cidadãos para a importância da doação de medula óssea, fundamental para sobrevivência dos pacientes nos casos graves, uma vez que a chance de encontrar doadores compatíveis é relativamente baixa, segundo o Ministério da Saúde.

Foto de Capa: Agência Brasil.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,