Filarmônica do sertão baiano recebe lançamento de livro “Histórias de Paratinga”

Banda formada por cegos e a trajetória de um homem que lutou na Segunda Guerra Mundial estão entre destaques do livro que será lançado no dia 28

 

Tiago Abreu, autor do livro “Histórias de Paratinga”. Foto: Divulgação.

Por Gustavo Mota

 

O jornalista Tiago Abreu lança o livro “Histórias de Paratinga” no próximo dia 28 de dezembro. Publicado pela Cânone Editoral, o lançamento resgata memórias sobre o município do sertão baiano, e cria perfis de alguns personagens que m

arcaram a história local. Entre eles, o médico e escritor Carlos Fernando de Magalhães; além do ex-membro da Força Expedicionária Brasileira (FAB) Gabriel José Pereira, que lutou na Segunda Guerra Mundial. O lançamento vai ocorrer na sede da Sociedade Filarmônica 13 de Junho em Paratinga, que completou 117 anos de valorização e preservação da cultura.

Destaque também para a banda Desejo sem Limites, formada por cinco jovens cegos. O grupo já gravou um DVD ao vivo e lançou dois álbuns nas plataformas de streaming. Outro ícone da cidade é a Igreja Matriz, que foi construída em 1718 e sofreu um incêndio em 2015. Desde então, o edifício tem passado por uma restauração de sua estrutura e da mobília de origem europeia. Paratinga também tem uma história pouco contada na imprensa baiana. Em pleno sertão das décadas de 1950 e 1960, a cidade sediou O Ibopating

a, jornal intelectual de cunho nacionalista e iluminista.

O autor conta que percebeu uma escassez de informações sobre a história da cidade. “Por isso, acessei documentos e conversei com mais de 60 pessoas, incluindo quatro ex-prefeitos do município, além de personagens do cotidiano, muitos dos que não aparecem nas narrativas oficiais e acabam apagados pela história”, destaca.

O escritor

Tiago Florencio de Abreu é jornalista, formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG) em 2018. Foi durante a graduação que surgiu a ideia de escrita do livro, sendo que a primeira visita à cidade com fins de pesquisa ocorreu em 2016. O autor também atua com jornalismo cultural e curadoria musical.

Foto: Divulgação.

Jornal do Sudoeste

Categorias