Gestão Municipal busca reativação da Associação do Mel de Barra do Choça

Por Ascom/PMBC

A Prefeitura Municipal de Barra do Choça esteve no último domingo (22) reunida com a Associação de Apicultores da Unidade de Beneficiamento do Mel.

A reunião objetivou traçar os métodos e soluções para que possam ativar a Casa do Mel, local em que diversos apicultores do município tentam utilizar para produzir e comercializar o mel de forma legal e segura.

Os trabalhadores explicaram ao prefeito Oberdan Rocha e ao secretário municipal da Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semagri), Cresio Lima, as dificuldades que eles têm enfrentado há anos, como questões ambientais, fiscalização sanitária, documentação, altos custos de investimento e manutenção.

Um dos desejos dos moradores locais é reativar a Associação. Mas para isso, o local precisa de energia elétrica e acesso à água. Desde que foi construída, a Unidade não pode ser aberta por conta das fiscalizações de higiene, que não permitem o funcionamento sem esses requisitos. Entretanto, implantar esse recursos tem um um gasto considerável para os trabalhadores de renda baixa.

Oberdan Rocha destacou as reais dificuldades que a Associação do Mel tem enfrentado nos últimos anos. O prefeito ainda falou sobre as ações que têm buscado com o governo estadual e federal e os resultados obtidos.

Esta semana terá reunião com componentes da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) e com a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), para iniciar dessas obras no local. E pontuou que a gestão está aberta em poder ajudá-los da melhor forma possível.

A ideia é impulsionar essa produção para que a própria cidade possa comercializar o mel, dessa forma, a economia do município se desenvolverá. Além de que futuramente a união com outros associativismos possibilitará essa comercialização em outras cidades.

Outra objeção que a Associação apresentou foi sobre a Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Agricultura Familiar (DAP) e os processos jurídicos e contábeis, demandas essas que são de alto custo para eles arcarem só.

Oliviana Arruda, coordenadora de Agricultura da Semagri, informou os procedimentos necessários que devem ser feitos e a situação atual com os bancos envolvidos. E se disponibilizou a todos em sanar e tentar resolver os problemas da DAP e as documentações da Associação. Além de oferecer assistência técnica que contemple a área da apicultura.

Márcia Rocha, presidente da Associação dos Apicultores de Barra do Choça, ao comentar sobre a reunião, disse que se sente gratificada em receber a comunidade, o prefeito e os sócios no local. Para ela, ver a Casa do Mel funcionar é um sonho. “E com os compromissos apresentados pelo prefeito Oberdan Rocha, em breve o espaço será inaugurado”, disse.

Deixe seu comentário