Governo do Estado vai implantar novos leitos de UTI no Hospital Regional de Guanambi

Por Redação ([email protected])

 

O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Bahia, vai implantar novos 20 leitos para o tratamento da Covid-19 – dez de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outros dez Clínicos – no Hospital Regional de Guanambi. O anúncio foi feito no final da manhã desta quinta-feira (04), pelo prefeito de Guanambi, Nilo Augusto de Moraes Coelho (DEM), em telefonema ao programa Jornal da Cidade, comandado pelo radialista Bonny Silva, da Rádio Cultura FM 97,4.

Segundo o prefeito, em contato telefônico com secretário de Estado da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas Pinto, agradeceu o apoio que vem recebendo do Governo do Estado no combate à pandemia e detalhou as medidas que têm sido adotadas, inclusive o lockdown – entre a zero hora da última segunda-feira (1⁰) e as 24h da próxima quarta-feira (10) – além de apontar a urgência da implantação de novos leitos no município e na microrregião.

De acordo com o democrata, o secretário parabenizou o Governo Municipal pelas medidas restritivas adotadas, ressaltando a importância da proposta para conter o avanço da contaminação do Novo Coronavírus na cidade e ressaltando que fatalmente deverão ser adotadas em outros municípios do Estado.

O secretário, afirmou o prefeito, comprometeu-se com a implantação imediata dos novos leitos solicitados, que deverão ser implantados na sexta-feira (5), e aproveitou para anunciar ainda que os equipamentos [Maquinário de Oxigênio]  já estariam vindo do Recife (PE) para viabilizar, na próxima semana, a implantação de quarenta novos leitos [10 de Unidade de Terapia Intensiva e 30 Clínicos] na Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacom), de Caetité, que será transformada em um Centro de Atendimento à Covid-19.

Nilo Coelho destacou o apoio que vem recebendo da população guanambiense no momento em que teria sido levado a adotar medidas restritivas, que reconheceu serem duras, mas apontou serem imprescindíveis nesse momento, que considerou gravíssimo. “Quero agradecer a todos que compreenderam e estão contribuindo para a efetividade das medidas adotadas”, ponderou o prefeito, reconhecendo que existem resistências, mas que não hesitará, se necessário, em adotar outras medidas que possam contribuir para que haja uma sensível redução do número de infectados, enquanto não há disponibilidade de vacina para toda população. “Há, naturalmente, os que querem vender, vender, vender, a vida não importa. Eu estou lutando para preservar a vida dos guanambienses”, ponderou.

No início da tarde, uma fonte do JS, com acesso privilegiado ao prefeito Nilo Augusto de Moraes Coelho, revelou que teria havido resistências, inclusive internamente na Administração Municipal, para a adoção do lockdown, sob alegação que a medida poderia impactar negativamente na aprovação da gestão. O prefeito teria, segundo a mesma fonte, reagido e reforçado que a aprovação popular, se abalada com a adoção das medidas restritivas, viria, naturalmente, com os resultados dela advindos ou, mais à frente, como reconhecimento ao trabalho sério e transparente que está e será implementado nos próximos quatro anos visando avançar no atendimento às demandas e para construir um ambiente de desenvolvimento econômico e social, que resultará na melhoria das condições e da qualidade de vida dos guanambienses.

 

O prefeito Nilo Coelho anunciou a implantação de novos leitos de UTI e Clínicos para Covid-19 no Hospital Regional de Guanambi. Foto: Reprodução.

Jornal do Sudoeste

Categorias , ,