Governo Federal entrega 500 moradias a famílias de baixa renda de Palmas (TO)

Cerca de 2 mil pessoas foram beneficiadas com a entrega do Residencial Jardim Vitória II

Por: Luciana Bueno/ Brasil61

Quinhentas famílias de baixa renda da cidade de Palmas, no Tocantins, realizaram o sonho da casa própria. Nesta quarta-feira (29), o Governo Federal entregou as chaves do Residencial Jardim Vitória II, que vai beneficiar cerca de 2 mil pessoas. O empreendimento recebeu R$ 40 milhões em investimentos do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

Um dos beneficiados foi o supervisor de equipe Fernando de Paula Santana. Ao lado da esposa e dos filhos, ele se emocionou ao receber as chaves da nova moradia.

“Muitas pessoas pensam que é difícil, que é impossível, mas a gente que acredita e que sonha, sabe que um dia acontece. Hoje aconteceu a realização de um sonho, recebemos a chave da nossa casa. Hoje se fecha um ciclo de uma vida de dificuldades.”

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, esteve presente à entrega das chaves. Ele falou sobre a importância do trabalho que o Governo Federal vem fazendo para melhorar a vida dos brasileiros.

“O nosso ministério, sobretudo, tem a missão de diminuir desigualdades regionais. Nós colocamos a nossa doação a favor dos brasileiros que mais precisam da ação do governo. Agora em junho, esse governo comemorou um milhão de moradias entregues à população brasileira, mesmo com todas as dificuldades”, destacou o ministro.

O Residencial Jardim Vitória II conta com casas de dois quartos e infraestrutura completa de água, esgoto, energia elétrica, pavimentação, iluminação pública e drenagem. Um dos diferenciais são as placas de captação de energia solar em todas as moradias. Além disso, o empreendimento fica próximo a equipamentos públicos, como creche, escola, posto de saúde e de segurança.

Casa Verde e Amarela

Empenhado em reduzir o déficit habitacional, o Governo Federal retomou obras, ampliou o programa nacional de Habitação – o Casa Verde e Amarela – e rompeu, em junho deste ano, a barreira de 1 milhão de unidades entregues à população desde 2019.

O Programa Casa Verde e Amarela, que completou um ano em 25 de agosto, avançou no combate ao déficit habitacional por atuar em diversas frentes. Além da produção de casas e apartamentos, também inclui regularização fundiária, melhoria de residências e há outras ações em estudo, como a locação social.

 

 

Foto de Capa: MDR

Jornal do Sudoeste

Materias Recentes

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,