Skip to content
77 3441-7081 — [email protected]

Igaporã: Deusdete Fagundes entra no páreo para 2020

Por Lucimar Almeida

 

O ex-prefeito Deusdete Fagundes de Brito entrou, definitivamente, na disputa pela Prefeitura de Igaporã em 2020. Foto: Amanda Oliveira/GovBA.

Por força de uma possível inelegibilidade, o ex-prefeito de Igaporã, Deusdete Fagundes de Brito (PSD), vinha sendo considerado carta fora do baralho da sucessão municipal de 2020. As dúvidas em relação à condição do ex-prefeito na Justiça Eleitoral foram desfeitas pelo Tribunal Superior Eleitoral e pelo Conselho Nacional de Justiça que expediram as Certidões de Nada Consta de Condenações de Crimes Eleitorais (emitida em 30 de outubro) e Negativa de Improbidade Administrativa e Inelegibilidade (emitida em 23 de setembro), respectivamente.

Diante da notícia, somente divulgada no último dia 1º de novembro, o grupo liderado pelo ex-prefeito, que vinha se mantendo distante das discussões em relação ao processo sucessório do próximo ano, alimentando, inclusive, especulações sobre um eventual apoio à candidatura à reeleição do atual gestor, já tem se manifestado e apontado a possibilidade, cada dia mais real, do nome do social democrata Deusdete Fagundes de Brito estar nas urnas eletrônicas de 2020 em Igaporã.

O ex-prefeito, por conveniência, ou como diz um de seus mais próximos interlocutores, que concordou em falar desde que fosse mantida o sigilo da sua identidade, “por sabedoria política”, observa à distância (e autoriza) a movimentação de seus liderados, até por entender ser prematura a oficialização de pré-candidaturas faltando pouco menos de um ano para as eleições municipais.

“Ainda não é momento para isso (definir candidaturas)”, tem repetido Deusdete Fagundes quando questionado à respeito de sua pré-candidatura à sucessão municipal. Nos bastidores, no entanto, o ex-prefeito, segundo uma fonte do JS, tem se movimentado com a desenvoltura dos pré-candidatos e já teria, inclusive, alinhavado algumas possíveis alianças para a disputa da Prefeitura em 2020.

Nesse momento, segundo a mesma fonte, Deusdete Fagundes estaria avançando no diálogo com lideranças comunitárias e com setores organizados da sociedade civil, além, evidentemente, com a população nas ruas, para construção de uma proposta para o que chama de “retomada do processo de desenvolvimento do município com ênfase no setor social, que engloba a Saúde, a Educação e a Infraestrutura Rural, que insiste terem sido abandonadas pela atual gestão”, que será debatida na campanha.

O certo é que a simples menção à possibilidade do ex-prefeito Deusdete Fagundes de Brito (PSD) ser um dos postulantes ao cargo de prefeito nas próximas eleições já está mexendo com o tabuleiro eleitoral de Igaporã e obrigando algumas lideranças a se posicionar.

Para um analista político regional ouvido pelo JS sobre a possibilidade do ex-prefeito Deusdete Fagundes disputar a sucessão municipal de 2020, foi incisivo ao afirmar que o social democrata deverá, como candidato ou não, ser o fiel da balança em 2020. “Tanto poderá ser majoritariamente votado e eleito, quando poderá transferir votos e eleger um candidato por ele indicado”, pontua.

Agora é prestar atenção na movimentação dos outros possíveis candidatos e, principalmente, nas articulações que estariam sendo conduzidas anonimamente por Deusdete Fagundes. De resto, a certeza que as cartas, da sucessão municipal de 2020, em Igaporã, ainda que prematuramente, já começam a ser coladas na mesa e já podem contar com um coringa capaz de desequilibrar o jogo.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,
Scroll To Top