Inadimplência bate novo recorde e atinge 66,6 milhões de inadimplentes em maio, revela Serasa Experian

Este é o maior número da série histórica e, para tentar estancar alta, Serasa Experian disponibiliza negociações com condições especiais em parceria com mais de 100 empresas; dívidas podem ser quitadas com até R$ 100

 

Por: Victoria Santos /[email protected]br

 

São Paulo, 11 de julho de 2022 – Dados do Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor revelam que, em maio, o Brasil bateu o recorde com 66,6 milhões de inadimplentes, o maior desde o começo da série histórica iniciada em 2016. A comparação anual, com maio do ano passado, mostra aumento de 4 milhões de nomes negativados, conforme o gráfico a seguir:

Com o objetivo de melhorar o cenário desafiador para os brasileiros, a Serasa Experian disponibiliza 2.290.617 de ofertas com condições especiais de quitação de dívidas por até R$ 100,00 por meio da Serasa Limpa Nome. Os acordos podem ser realizados com mais de 100 empresas, como bancos, financeiras, companhias telefônicas, lojas de varejo, universidades e securitizadoras.

Além dos descontos, que podem chegar a 90%, também é possível parcelar os acordos. Com o pagamento da primeira parcela, o nome do consumidor será retirado do cadastro de inadimplentes. A gerente do Serasa Limpa Nome, Aline Maciel, alerta que “é fundamental concluir o pagamento das demais parcelas para que a dívida não seja retomada”.

Segundo o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, apesar do aumento da inadimplência ser esperado, é possível melhorar a situação. “Os consumidores precisam continuar se organizando financeiramente e utilizando ferramentas disponíveis, como o saque do FGTS para tentar tirar o nome do vermelho”.

Bancos e cartões lideram o ranking de dívidas

A análise por setor registrou que o maior volume de dívidas negativadas está no segmento de bancos e cartões, com 28,2% do total. Em seguida estão as contas básicas como água, luz e gás agrupadas na área de Utilities, com 22,7%. Em terceiro lugar ficam os setores de varejo e financeiras, com 12,5% cada um, como mostra o gráfico abaixo:

São Paulo concentra o maior número de dívidas disponíveis por até R$100

Entre os Estados brasileiros, São Paulo concentra o maior número de inadimplentes (15,6 milhões), seguido pelo Rio de Janeiro (6,7 milhões), Minas Gerais (6,3 milhões), Bahia (4,1 milhões) e Paraná (3,5 milhões). Confira no gráfico as demais regiões:

É em São Paulo também que estão a maioria das oportunidades de dívidas que podem ser pagas por até R$100. Na sequência aparecem Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia, conforme a tabela.

Cadastro Positivo pode otimizar adimplência dos consumidores

Um estudo inédito da Serasa Experian revelou um salto de 22,1 milhões (14% da população adulta) sobre número de brasileiros que conquistaram a oportunidade de ter acesso a um crédito de qualidade. O montante foi de 59,1 milhões para 81,2 milhões. Além disso, o levantamento mostrou que esses 22,1 milhões de consumidores possuíam o Serasa Score abaixo de 500 e, por isso, poderiam não ser aprovados em análises de concessão feitas pelo mercado de crédito. No entanto, essa pontuação amena não era causada por negativações, mas pela insuficiência de informações que os credores tinham sobre os possíveis tomadores de crédito. Problema que foi solucionado com a implementação do Cadastro Positivo.

O economista da Serasa Experian explica como o Cadastro Positivo tem a capacidade de otimizar a adimplência dos consumidores. “O acesso a um crédito de qualidade permite às pessoas mais fôlego para colocar as contas em dia e tirar o nome do vermelho. Por isso, as análises assertivas feitas com informações do Cadastro Positivo podem auxiliar a população a evitar linhas de crédito menos benéficas, como o cheque especial, que possui juros muito altos capazes de comprometer a quitação de dívidas”.

Como limpar o nome na Serasa

Para pagar as dívidas com descontos e parcelamentos, o consumidor deve consultar o Serasa Limpa Nome pelos canais oficiais:

• Aplicativo: disponível no Google Play e na App Store 

• Whats App – (11) 99575-2096

• Mais de 6 mil agências de Correios espalhadas pelo Brasil

• Telefone: 0800 591 1222

 

 

 

Foto da capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,