Indústria tem retomada moderada em março, mostra pesquisa da CNI

Faturamento cresceu e recuperou mais da metade da queda de fevereiro. Horas trabalhadas aumentaram 0,9%. Utilização da Capacidade Instalada se mantém em patamar elevado. Emprego subiu.

 

Por Ascom/ CNI

 

Os Indicadores Industriais de março, medidos pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostram que a atividade industrial de março foi positiva e compensou parte das perdas de fevereiro. O faturamento cresceu 2,2% em março e recuperou mais da metade da queda de 3,6% em fevereiro. As horas trabalhadas aumentaram 0,9% em março. O emprego registrou o oitavo mês de avanço consecutivo.

▶ Acesse aqui a entrevista do gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo, em 4k e 60 FPS, e o pacote de imagens do nosso Banco de Mídia.

“Os dados de março revertem parcialmente as perdas de fevereiro e mostram que a atividade industrial se mantém acima do pré-pandemia. As altas da atividade são expressivas na comparação com março de 2020, quando a indústria enfrentava a necessidade de paralisar suas operações por conta da pandemia”, diz o gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo.

Além disso, a Utilização da Capacidade Instalada (UCI) se mantém patamar elevado, em 81,1%. Alta de 0,4 pontos percentuais em relação a fevereiro e consolida um nível persistentemente superior ao pré-crise. Na comparação com março de 2020, a UCI está 4,8 pontos percentuais maior.

Foto de Capa: Pixabay.

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,