Início da semeadura de algodão deverá acontecer entre final de novembro e início de dezembro

Por: CONAB – Assessoria de Imprensa

A Bahia deverá produzir aproximadamente 1,5 milhão de toneladas de algodão em caroço na safra 2022/2023. O valor sinaliza um aumento de 12,5% em relação ao ciclo anterior e o início da semeadura da cultura deverá acontecer entre final de novembro e início de dezembro deste ano. As informações são do 2° Levantamento da Safra 2022/23, publicado nesta quarta-feira (9) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

A Bahia é um dos principais produtores nacionais de algodão. Apesar do cenário nacional e mundial apresentarem sinais de retração, os produtores ainda estão dispostos a ampliar suas áreas, conforme dados levantados pela Conab. A boa rentabilidade da cultura e a ampliação das vendas no mercado internacional servem de incentivo ao setor.

Milho – Apesar do aumento dos custos de produção do milho no extremo-oeste baiano, o produtor investiu na abertura de novas áreas e manteve o padrão de investimento observado nos anos anteriores para a produção do cereal.

Mesmo com os baixos volumes de chuva, o plantio da primeira safra foi iniciado no final de outubro em parte do estado. No centro-norte e centro-sul baianos as áreas estão prontas para o plantio após a regularização das chuvas.

Confira a análise completa no Boletim da Safra de Grãos.

 

 

 

 

Foto de Capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,