Instituto WR e Funceb assinam termo de cooperação técnica

Fundado em 2015, o Instituto Wesley Rangel apresenta ao público ações desenvolvidas, em evento que acontece nesta terça-feira, dia 8 de agosto, às 17h, na sede do IWR, no Rio Vermelho. O programa contará com a presença de artistas e grupos como Bell Marques, Márcia Short, É o Tchan, Tatau, Carlos Pita, Adão Negro, Rafa e Pipo, Tonho Matéria, Retrofoguetes e Amanda Rangel.

Durante a programação, um termo de cooperação técnica será assinado pelo IWR e Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb). Farão pocket show novos talentos da música da Bahia, contemplados pelo projeto WR de Portas Abertas e que utiliza, como referência, cadastrados no Mapa Musical da Bahia, desenvolvido pela Funceb.

O projeto WR de Portas Abertas conta com o apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, Fundação Cultural, Fundo de Cultura (Funceb), Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura.

Karla Uckoon, presidente do IWR, entende que a parceria com a Funceb é fundamental, tendo em vista a importância de promover transformação e profissionalização, compreendendo “que nossas ações precisam estar alinhadas às políticas públicas do segmento, especialmente no que se refere às diretrizes do Plano setorial de música e do Mapa musical da Bahia, iniciativas para fortalecer e promover a cadeia produtiva e a economia do setor”.

“Com a formalização da parceria, o Instituto Wesley Rangel irá sempre se voltar para o Mapa Musical da Bahia, beneficiando cadastrados com ações como oficinas, residências artísticas, intercâmbio, workshop e gravações”, detalha Fernanda Tourinho, diretora geral da Fundação.

Sobre o Instituto – O Instituto Wesley Rangel é uma iniciativa de ação social e educacional para o setor produtivo. Criado em 2015 para promover a profissionalização dos agentes da música, o Centro integra três eixos: formação técnica e profissional, gestão de carreiras, comunicação e marketing. O convênio tem a pretensão de atender políticas públicas, a exemplo do plano setorial de música e do Mapa Musical nos referidos eixos.

O objetivo principal do termo que será assinado é subsidiar, auxiliar, o Instituto Wesley Rangel na criação de projetos capazes de atender as políticas públicas do estado da Bahia, usando como referência as demandas apontadas no Plano Setorial de Música, como detalha Aline Rangel, filha de Wesley e gerente administrativa do Instituto.

“Esta proposição parte do pressuposto de que a parceria entre o terceiro setor e instituições públicas são estratégias modernas de gestão e propiciam maior efetividade e eficiência no atendimento ao cidadão e na execução de projetos”, considera Alessandra Pamponet, coordenadora de Música da Diretoria das Artes (Dirart) da Funceb.

Homenagem a Wesley – Durante a cerimônia serão feitas homenagens a Wesley Rangel (1951-2016), fundador do estúdio WR, considerado como um dos “pais” do axé no mercado fonográfico baiano. “Meu pai já tinha o desejo de fazer da WR também um espaço educativo na área musical há algum tempo”, narra Aline. 

O desejo de fazer da WR um espaço educativo na música era de grande importância para Wesley Rangel fundador da WR. A gravadora atua há mais de 40 anos no mercado fonográfico da Bahia. Seu projeto era pensar o Instituto WR como um agente de transformação através da música, cultura, educação e tecnologia.

“Agora, inspirados na mesma filosofia do próprio Rangel, essa parceria com a Funceb pretende dar prosseguimento à ideia de fomentar o potencial criativo dos novos músicos”, conclui a gerente.

 

 

Serviço:

Instituto WR e Funceb assinam termo de cooperação técnica
Onde: Estúdio WR
Quando: Dia 8, terça-feira, às 17h

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias