Itambé terá casa de acolhimento para crianças e adolescentes, prefeito e técnicos do Estado já realizaram vistoria

Por Nicolaia Carneiro Ascom/PMI

 

A gestão municipal do prefeito Eduardo Gama avança na área Social e em breve estará entregando à população a Casa de Acolhimento para Crianças e Adolescentes. Itambé está entre os sete municípios baianos contemplados com o serviço regionalizado.

O espaço já foi completamente montado pela Prefeitura. Na última terça (23), o prefeito esteve, juntamente com técnicos da Superintendência Estadual de Assistência Social (SAS), vistoriando a unidade. Um local amplo e agradável, com toda estrutura necessária ao acolhimento e desenvolvimento das atividades socioeducativas.

De acordo com o prefeito, a Casa de Acolhimento terá capacidade para 20 vagas e o público-alvo são crianças e adolescentes com até 21 anos de idade. A unidade vai atender Itambé – município sede da Regionalização do Serviço de Acolhimento – e terá mais três municípios vinculados – Barra do Choça, Macarani e Encruzilhada.

Conforme a Proteção Social Especial, será oferecido acolhimento provisório para crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por meio de medida protetiva, prevista do Estatuto da Criança e do Adolescente, em função de abandono ou cujos responsáveis estejam temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção, até que seja viabilizado o retorno ao convívio familiar.

O serviço contará ainda com uma equipe profissional altamente qualificada composta por coordenador, equipe técnica, educadores, cuidadores e auxiliares. Além disso, o espaço vai oferecer amplos quartos, sala de estar, sala de jantar, ambiente para estudo, cozinha, banheiros, varanda e sala administrativa.

Articulação Município/Estado

Na última quarta-feira (24), representantes da Secretaria de Assistência Social participaram de uma reunião com a equipe técnica da Coordenação de Proteção Social Especial do Estado da Bahia.

O encontro teve como objetivo articular as ações que serão colocadas em prática visando o funcionamento do espaço, como também sanar todas dúvidas sobre a operacionalização dos serviços.

Entre os presentes estava a secretária de Assistência Social Letícia Chiachio, a subsecretária de Assistência Social Nágila Mattos, a técnica de referência da PSE do estado Ivana Luna, a analista técnica da SAS Euvita Martins, a coordenadora da PSE do Município Jislane Brito, a coordenadora da PSB Semirames Gusmão, além de membros do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS).

O Serviço Regionalizado de Acolhimento para Crianças e Adolescentes está sendo viabilizado mediante uma parceria entre a Prefeitura de Itambé, através da Secretaria de Assistência Social, e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS).

Jornal do Sudoeste

Categorias