Jequié cresceu 15,5% em dez anos, acima da taxa de crescimento econômico da Bahia

Por: Josalto Alves – DRT-BA 931

 

 

Nos últimos dez anos, o município de Jequié teve taxa de crescimento bem maior que a taxa de expansão do estado. Enquanto os dados econômicos apontam que a Bahia cresceu apenas 1,3%, Jequié cresceu 15,5%. Os números são oficiais, estão de acordo com estimativas da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), e foram apresentados pelo economista e mestre em Economia Carlos Danilo, especialista em Desenvolvimento Industrial da FIEB. Os dados estatísticos sobre a economia no estado, com ênfase nas amostras sobre o crescimento de Jequié, foram divulgados pelo representante da instituição durante o Fórum de Desenvolvimento Regional.

Para Zé Cocá, prefeito de Jequié e também presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), o elevado crescimento da cidade não é um fenômeno e deverá ser consolidado ainda mais. “Em relação à Bahia, Jequié cresceu 10 vezes mais e essa estimativa, monitorada pelas análises da FIEB, confirma o bom momento que a cidade vive e que deverá ser intensificado ainda mais, com a estruturação do nosso Distrito Industrial e com a chegada de novos empreendimentos”, afirmou. Especialista em administração pública, Zé Cocá analista que “esse poder de atratividade comercial e industrial gera, como consequência, um cenário propício para novos investimentos e, assim, consolidar nosso crescimento”.

De acordo com o economista Carlos Danilo, a dinâmica de crescimento de Jequié é superior a do estado, uma vez que a industrialização da Bahia é de bens intermediários, produzidos a partir, principalmente, do polo industrial de Camaçari que, neste momento, não tem demonstrado o desempenho esperado. “Já as indústrias de produtos e de bens finais, como a alimentícia, calçadista e outros, existentes em Jequié, vem sendo beneficiadas com o aumento de renda e do poder aquisitivo da população, o que contribuiu para que esse crescimento fosse mais acentuado”, analisa o economista.

O prefeito Zé Cocá estimula a política de crescimento econômico, e garante que “se fábricas e indústrias quiserem se instalar no município, com certeza vai encontrar o apoio e os incentivos necessários, porque Jequié terra de ótimas oportunidades, e nós temos que ter a responsabilidade de incentivar os setores produtivos para que, a partir daí, tenhamos, cada vez mais, melhores indicadores enquanto desenvolvimento e avanços econômicos e sociais, com geração de novos empregos, renda e melhores condições de vida para nosso povo”,

O Fórum de Desenvolvimento Regional reuniu participantes dos territórios Médio Rio das Contas, Vale do Jiquiriçá, Chapada Diamantina, além de empresas e indústrias instaladas nessas regiões, como a Bahia Gás, Bamin, Yamana Gold Mineradora, entre outras, e entidades como a Federação das Associações Comerciais e Empresariais da Bahia (Faceb), Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas da Bahia (FCDL) e Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação.

 

 

Foto de capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Materias Recentes

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,