Joanete: quais são as causas e como tratar?

Neste episódio o Dr. Mauro Dinato dá mais detalhes sobre o assunto

Por: Brasil 61

Você conhece alguém que tem joanete? Sabe o que é isso e o que pode ser feito? Neste episódio o Dr. Mauro Dinato dá mais detalhes sobre o assunto.

Ao contrário do que muitos acham, a joanete não é simplesmente um crescimento anormal do osso e sim uma deformidade da articulação.

Isso acontece por um deslocamento dos ossos do pé para dentro, forçando o dedão na direção dos outros dedos e alterando essa articulação do dedão. Disso surge uma deformidade que resultará no que chamamos de halux valgo, popularmente conhecido como joanete.

Os sinais e sintomas mais frequentes são:

  • “Arredondamento” no pé que parece um calo na base do dedão, que pode doer e ficar vermelho.
  • Nos casos mais avançados, dificuldade na movimentação do dedão e calosidades entre os outros dedos que ficam mais apertados e muitas vezes ficam raspando um no outro

O que causa joanete?

A causa exata ainda não está bem estabelecida. O que sabemos é que o pé plano ou pé chato, possui uma fraqueza na sustentação da articulação do dedão que pode ser mais móvel do que o habitual e outras deformidades dos ossos do pé que a pessoa já nasce com ela, podem estar relacionados a joanete.

Um outro fator que está associado ao Joanete são os problemas articulares como artrite reumatoide. Além desses, quem usa sapatos com o bico estreito, principalmente os saltos altos que apertam os dedos do pé, também têm maior risco de ter Joanete.

Para melhorar a dor, pode ser indicado o tratamento simples como a mudança dos calçados trocando os sapatos de bico fino por um sapato com uma frente mais larga, uso de proteção no joanete para proteger do atrito e pressão do calçado, palmilhas especiais medicações analgésicas dentre outras.

Prevenção

Dentre as medidas mais importantes na prevenção do joanete estão:

  • Calçado adequado
  • Verificar a maior chance pela análise de herança familiar
  • Mudança de atividades físicas
  • Hábitos em que a pessoa fica muito na ponta do pé

Seguindo isso, a chance de sofrer com esse problema diminui bastante!

Se você tiver suspeita de Joanete preste atenção nas características que foram apresentadas e procure um médico de preferência um ortopedista especialista em pé.

 

 

Foto de capa: Reprodução/Canal Doutor Ajuda

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,